Agricultores morrem após beberem veneno achando se tratar de cachaça em bar de Granja

Bebida foi vendida pelo sogro de uma das vítimas, que é o proprietário do estabelecimento. Ele foi detido

A polícia investiga a morte de dois agricultores suspeitos de tomarem veneno acreditando se tratar de cachaça em um bar na localidade de Cajueiro de Castro, no município de Granja, no interior do Ceará.

O caso aconteceu no último domingo (29). A bebida foi vendida por um idoso de 75 anos, que é sogro de uma das vítimas e proprietário do estabelecimento, segundo a polícia.

Rismar Rodrigues De Sousa, de 35 anos, e Cleison Santos Oliveira, de 28 anos, foram encontrados sem vida em uma residência momentos após consumirem o líquido.

Sogro é preso

Conforme a PM, após os corpos dos agricultores serem encontrados, Benedito Cisto de Carvalho, sogro de Rismar e dono do bar onde as vítimas consumiram a bebida, foi detido e levado para a Delegacia da Polícia Civil da cidade de Camocim, onde foi autuado por homicídio culposo.

Caso semelhante no Piauí

Há um ano, dois irmãos, José Ribamar e Adelmar Adelino, morreram após ingerirem veneno pensando ser bebida alcoólica, na zona rural de Campinas do Piauí.

Na saída de casa, a dupla parou em uma residência que pertencia a familiares e encontraram uma garrafa pet com líquido. Os irmãos pensaram que era bebida alcoólica e ingeriram. Horas depois, foram encontrados mortos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança