Kamila Cardoso será candidata ao Senado na chapa de Capitão Wagner

Em 2020, ela foi candidata a vice-prefeita de Fortaleza ao lado de Wagner

Escrito por Igor Cavalcante, Kilvia Muniz, igor.cavalcante@svm.com.br

PontoPoder
Kamila Cardoso foi candidata a vice-prefeita de Fortaleza em 2020
Legenda: Kamila Cardoso foi candidata a vice-prefeita de Fortaleza em 2020
Foto: Thiago Gadelha

A chapa da oposição, liderada por Capitão Wagner (União), definiu Kamila Cardoso (Podemos) como candidata ao Senado Federal. A advogada e militante de causas sociais foi anunciada para a função na convenção do União Brasil, realizada na manhã desta sexta-feira (5). Em 2020, Kamila foi candidata a vice-prefeita de Fortaleza ao lado de Wagner.

Integrante do Podemos, ela é correligionária do senador Eduardo Girão (Podemos). A legenda da dupla oficializou apoio à candidatura de Wagner na última quinta-feira (4). Kamila Cardoso atua na causa social por acessibilidade e inclusão para pessoas com deficiência.

fotografia
Legenda: Kamila Cardoso é advogada e disputou o cargo de vice-prefeita em 2020
Foto: José Leomar

Esse, inclusive, foi o perfil dela destacado na convenção pelo líder da oposição. A chapa para o senado terá ainda como suplentes o ex-vereador de Fortaleza Gelson Ferraz (Republicanos), e Pastor Paixão (PTB). 

"Puxo a questão social para justificar a escolha que tivemos na chapa majoritária, queríamos dar protagonismo à mulher (...) Fechamos ontem à noite um consenso, já que tínhamos pelo menos seis pré-candidaturas ao Senado, então fechamos consenso em torno do nome da advogada, da mãe do Caio, esposa do Klecius, nossa amiga Kamila Cardoso", disse Capitão Wagner.

"Ela aceitou o desafio que poucos homens teriam coragem de enfrentar. Enfrentar um adversário que está consolidado, enfrentar um adversário que até um dia desses era governador do Estado, mas, como ela própria disse, a nossa missão não é enfrentar adversários, mas apresentar propostas aos cearenses"
Capitão Wagner (União)
Candidato ao Governo do Ceará

Ao todo, o arco de aliança em torno da candidatura de Kamila inclui sete partidos. Além do União Brasil, ela e Wagner recebem apoio do PL, Avante, Republicanos, Podemos e Pros e PTB.

Chapa majoritária

Na convenção, a oposição lançou ainda o nome do ex-deputado federa Raimundo Gomes de Matos (PL) como candidato a vice-governador. 

A confirmação do PL como vice do deputado federal fortalece o espaço do candidato à reeleição na Presidência da República, Jair Bolsonaro (PL). 

O PL chegou a cogitar lançar o ex-deputado como cabeça de chapa da sigla, mas acabou reforçando a composição em torno do nome de Wagner, cenário defendito também por Bolsonaro.