Novo secretário da Saúde, Marcos Gadelha promete 'trabalhar para que todo cearense seja vacinado'

O médico cardiologista substitui Dr. Cabeto e foi anunciado por Camilo Santana nesta quinta-feira (19)

marcos gadelha de camisa vermelha
Legenda: Marcos Gadelha já era um dos braços da Secretaria da Saúde, atuando como secretário-executivo de Políticas em Saúde
Foto: Rodrigo Gadelha

Anunciado como novo titular da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) nesta quinta-feira (19), Marcos Antônio Gadelha Maia prometeu que trabalhará para garantir o acesso à vacinação contra a Covid-19 para toda a população do Estado. O médico vem do cargo de secretário-executivo de Políticas em Saúde da Pasta. 

"O primeiro compromisso que eu, como secretário de Estado, quero assumir (…) é trabalhar para que todo cearense seja vacinado, porque a gente acredita na Ciência", afirmou o cardiologista cearense em vídeo divulgado pela Sesa. 

Em seu primeiro pronunciamento como secretário da Saúde na tarde desta quinta, Gadelha afirmou que "é uma honra e um desafio enorme para um gestor assumir uma pasta relativa ao setor de saúde".

O novo secretário pontuou que dará seguimento aos projetos desenvolvidos pelo antecessor, Dr. Cabeto, como a Plataforma de Modernização da Saúde. "A gente tem que trabalhar com transparência, valorizando as pessoas; trabalhar de forma eficiente e com o cuidado centrado no cidadão", pontua Marcos Gadelha. 

VEJA O PRONUNCIAMENTO DO SECRETÁRIO:

Para o cearense, a luta por regionalizar ainda mais a assistência em saúde no Estado se faz necessária "para que a gente faça com que o cidadão cearense não precise se deslocar cada vez que ele precise ter acesso a algum tipo de serviço". 

Quem é Marcos Gadelha?

Gadelha já era um dos braços da Sesa e atuava como secretário-executivo de Políticas em Saúde, além de ter sido secretário-adjunto entre agosto de 2015 e dezembro de 2018, na gestão de Henrique Javi

Agora, assume a Pasta em um momento de baixos indicadores da Covid-19 e com a vacinação avançando para a população abaixo de 20 anos no Estado.

Marcos Antônio Gadelha Maia é natural de Fortaleza. Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC), em 1992, é pós-graduado em Clínica Médica no Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) e em Cardiologia no Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (Hospital de Messejana). 

Além disso, é titulado em Terapia Intensiva pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) e tem especialização em Medicina Intensiva, pela Society Of Critical Care Medicine – Fundamental Critical Care Support (FCCS), e em Segurança do Paciente, pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), da Fiocruz. 

A história profissional do médico começou no Hospital São José (HSJ), também da rede estadual, onde trabalhou como técnico de exames laboratoriais enquanto concluía o curso de Medicina. Após a graduação, foi contratado como médico, e permaneceu no HSJ enquanto concluía a residência em Cardiologia no Hospital de Messejana.

No hospital que é referência em doenças cardíacas do Ceará, foi coordenador da Unidade de Pós-operatório de Cirurgia Cardíaca, coordenador do Núcleo de Segurança do Paciente e diretor-geral, este último cargo entre março e agosto de 2015. 

O médico foi coordenador das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza e participou do processo de Acreditação do equipamento pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e Canadense Internacional (ACI), como membro do time de liderança.

Saída de Dr. Cabeto 

Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, deixou o cargo de secretário da Saúde do Ceará nessa quarta-feira (17), após 2 anos e sete meses.

Conforme o governador Camilo Santana, que anunciou a novidade, o próprio Dr. Cabeto manifestou o desejo de deixar o cargo. 

"Seu empenho, juntamente com toda a equipe, fez o nosso estado avançar nas políticas de saúde pública, melhorando o acolhimento das pessoas e deixando um legado importante para o Ceará", escreveu o gestor estadual.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza