Apresentadora da GloboNews chora ao vivo em entrevista com médico que perdeu filha para a Covid-19

"Eu sinto muito pelo seu relato. A minha sobrinha tem a idade da sua filha. Desculpa", disse Aline Midlej

Escrito por Redação,

Zoeira
jornalista aline midlej durante jornal
Legenda: A jornalista não conseguiu conter a emoção
Foto: Reprodução

Durante entrevista sobre a vacinação contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, a jornalista Aline Midlej se emocionou ao conversar com o médico Rodolfo Aparecido da Silva, que perdeu a filha Alícia, de 7 anos, para o coronavírus em janeiro de 2021. A apresentadora lembrou de sua sobrinha, que tem a mesma idade, e chorou ao vivo no Jornal das 10 dessa quinta-feira (6).

"Eu sinto muito pelo seu relato. A minha sobrinha tem a idade da sua filha. Desculpa", disse Aline, com a voz embargada e não conseguindo conter as lágrimas. Poucos segundos depois, ela voltou a conversar com o especialista.

VEJA O MOMENTO:

As imagens viralizaram e internautas comentaram sobre a notícia. "Que depoimento lindo, forte, corajoso e necessário do doutor Rodolfo, médico da linha de frente do combate a covid e que perdeu a filha. A emoção, o choro da Aline é o choro de todos nós", escreveu um seguidor no Twitter.

"Se a dor parece imensurável só de ouvir, não consigo nem imaginar o que esse pai está sentindo", registrou outro.

"Choramos juntos", diz Aline Midlej  

Em sua coluna no g1, Aline Midlej comentou nesta sexta-feira (7) sobre o momento de emoção. Ela falou sobre a importância da vacina para crianças e criticou a fala o presidente Jair Bolsonaro, que pediu que se questionassem as mortes de crianças por Covid. 

Choramos juntos. Eu, ele, uma maioria no país, que sente. Somos maioria. Choramos pelas mortes, pelo desamparo mas, também, por sermos lembrados que não podemos sucumbir, que há resistência em forma de gente de verdade
Aline Midlej
Jornalista

Ela fala sobre a força do médico e comenta que "sobre as trevas, existe a luz do Dr. Rodolfo, pai da Alicia, que iluminou a esperança em muitos de nós. Resgatou uma força perdida no labirinto de tanto desgoverno".