Novo decreto estadual autoriza aulas práticas presenciais em escolas, ensino superior e cursinhos

Regra passa a valer nesta segunda-feira (17) e vale para as macrorregiões de Fortaleza e Sobral

Aluno entra em instituição de ensino
Legenda: Escolas de música e de idiomas estão contempladas no novo decreto
Foto: José Leomar

A partir desta segunda-feira (17), aulas práticas e extracurriculares em escolas, instituições de ensino superior e cursinho poderão ser retomadas de forma presencial nas microrregiões de Fortaleza e Sobral. A autorização foi anunciada na última sexta-feira (14), pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT). 

Conforme o decreto, a flexibilização afeta áreas em que o ensino remoto é "inviável". Apesar do retorno, as aulas precisam ser limitadas para 50% da capacidade. Entre os setores diretamente beneficiados está o de cursos livres, como música e idiomas

As novas regras permitem ainda o funcionamento de escolinhas de esporte, inclusive em “areninhas”, observadas as medidas sanitárias previstas em protocolos e o uso obrigatório de máscaras de proteção. 

“O funcionamento de escolinhas de esporte em “areninhas” e outros equipamentos públicos não libera o uso desses espaços para as demais práticas de atividade esportiva coletiva, como jogos amadores e competições”, pondera o Governo do Ceará. 

Atividades de cantinas em escolas também passam a ser permitidas. 

Regras se mantém

Conforme o novo decreto, continuam liberadas as aulas práticas em cursos de nível superior da área da saúde, bem como as atividades presenciais de ensino já autorizadas nos decretos anteriores, mas com limitação de 50% da capacidade de alunos por sala de aula.

“Também permanecem liberadas as aulas presenciais para os discentes de formação, habilitação e qualificação de cursos em andamento junto à Academia Estadual de Segurança Pública, desde que inviável a realização das aulas remotamente”, acrescenta o texto. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab