Uso do celular ao volante é uma das principais causas de distração no trânsito

Uma distração de dois segundos representa 34 metros de direção sem atenção, segundo estudos

Escrito por Agência de Conteúdo DN,

Ceará
Legenda: Dados divulgados pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) registram que 246 mil infrações referentes a celulares ocorreram em 2021
Foto: Shutterstock

Por serem quase indispensáveis para relações pessoais e de trabalho, se desvincular do smartphone pode ser um desafio para alguns, mas, durante a condução de qualquer veículo, seu uso deve ser evitado. Segundo pesquisas, caso um carro esteja se deslocando a uma velocidade de 60 km/h, uma distração de dois segundos representa 34 metros de direção sem atenção. “Nesse momento, pode ocasionar um atropelamento, capotamento, uma colisão traseira, um avanço de preferencial”, exemplifica Disraelli Brasil, assessor técnico da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).  

O uso de smartphones ao volante também se encontra na 3ª posição do ranking de causas de mortes no trânsito no Brasil, atrás somente do uso de álcool e do excesso de velocidade. Além disso, o comportamento foi responsável por 246 mil multas no Brasil em 2021. Ou seja, foram registradas cerca de 28 infrações a cada hora no país. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet). 

Em Fortaleza, de acordo com a AMC, de janeiro até o dia 6 de maio deste ano, 3.080 infrações foram registradas pelo órgão na Capital referentes ao uso do celular ao volante. Em 2021, foram 4.544 registros de multas dessa natureza.  

O assessor técnico comenta que a fiscalização das infrações é feita em Fortaleza por meio de agentes de campo, viaturas da AMC, postos-bases e com as câmeras de videomonitoramento espalhadas pela cidade.  

Motoristas de aplicativo 

No caso dos motoristas de aplicativos, parcela de profissionais que depende do uso do smartphone para trabalhar, a indicação é estacionar o veículo em local adequado para não desviar a atenção do trânsito. O mesmo vale para motociclistas que realizam serviços de delivery. 

“Esse risco pode se tornar ainda maior devido a vulnerabilidade do veículo. Sabemos que entregadores utilizam aplicativos para fazer as suas entregas, mas eles não podem fazer isso enquanto dirigem. Seja procurando o endereço, recebendo mensagens ou enviando áudios, eles têm que procurar estacionar a sua motocicleta e fazer as suas chamadas de uma forma segura”, esclarece Disraelli. 

O que diz a Lei? 

Como o uso de smartphones por parte da população envolve mensagens de texto, envio de áudio e ligações, checagem de notificações, entre outros, a forma com a qual se utiliza os dispositivos também modifica as infrações cometidas.  

No Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o uso de celular pode registrar duas infrações. Segurar ou manusear o aparelho ao volante, como em áudios ou mensagens de texto, configura infração de natureza gravíssima, com sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 293,47. Já utilizar o aparelho junto ao ouvido é considerada infração de natureza média, com quatro pontos na CNH e multa de R$ 130,16.

Tecnologia pode auxiliar 

Tanto dispositivos Android quanto iOS possuem modos para uso dentro dos veículos, que reduzem a demanda por atenção.  

iOS 

Por meio do Foco Carro, o smartphone silencia as notificações e envia mensagens automáticas para os contatos, caso haja uma tentativa de interação. É possível também selecionar contatos específicos cujas notificações ficarão liberadas, para casos de emergência. Dessa forma, a atenção dos condutores é mantida no trânsito 

Android 

No modo Não Perturbe, é possível silenciar as notificações e outras formas de contato tanto de pessoas quanto de aplicativos, mas determinando exceções para contatos selecionados, por um período específico de tempo. Logo, é possível selecionar durante a viagem para o trabalho, por exemplo, ou para outras situações.  

Campanha durante o Maio Amarelo 

Considerado o mês de conscientização sobre a segurança no trânsito, o mês de maio mundialmente costuma ser marcado por ações que estimulem uma boa relação da sociedade com os meios de deslocamento. Nessa perspectiva, o Sistema Verdes Mares (SVM) realiza a campanha “Por um trânsito mais seguro”, que traz dicas e conteúdos que incentivam o cuidado e a prevenção de acidentes, dentro da programação das rádios FM 93 e Verdinha, na TV Diário, além de postagens nas redes sociais de todos os veículos.