Dez veículos se envolvem em engavetamento na BR-116 e congestionam trânsito

O acidente aconteceu por volta das 7h30 no quilômetro 10 da BR 116 e não houve vítimas

Escrito por Angélica Feitosa e Leabem Monteiro, angelica.feitosa@svm.com.br

Ceará
Engavetamento BR 116
Legenda: Dez carros se envolveram em um engavetamento na BR-116 na manhã desta sexta-feira (4)
Foto: VCrepórter

Dez veículos se envolveram em um engavetamento no quilômetro 10 da BR-116, nas proximidades do bairro Barroso, por volta das 7h30 desta sexta-feira (4). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a pista molhada da chuva, a falta de atenção dos condutores e o desrespeito a uma distância segura entre os carros causaram o acidente. Não houve vítimas. A colisão causou engarrafamento no trecho da rodovia.

“Eu, particularmente, nunca tinha me deparado com um acidente envolvendo tantos veículos”, descreve com surpresa o agente da PRF, Gilberto Conrado. A dianteira e a traseira dos carros ficaram completamente destruídas.

Segundo o agente, a principal razão das colisões foi causada por uma conduta dos motoristas de não manterem uma distância de segurança. “Essa distância é influenciada por diversos fatores, e um deles é a condição climática, a velocidade da via, o próprio tempo reação do condutor”, diz.

Registro do acidente

A orientação da PRF é que, em casos de acidente sem vítima, os próprios envolvidos façam o registro no sistema, no site da PRF.

“O que nós fizemos foi registrar que houve esse acidente, registramos os veículos e condutores envolvidos e demos orientação de como fazer esse registro”. Conrado ressalta ainda que não necessariamente quem bate na traseira é o responsável pelo acidente. “Vamos supor que um veículo da frente parou e veio um outro bateu e arrastou esse veículo, fazendo ele colidir com o seguinte. Acaba que esse carro ele não é o responsável (pelo acidente)”, explica.

No trecho urbano da BR-116, o limite de velocidade é de 60 km/h. “Porém é preciso ter uma atenção maior de acordo a condição climática”, avisa o agente e acrescenta ser necessário guardar uma distância maior do carro da frente.