Réu do caso boate Kiss chora ao chegar a julgamento: 'não sou assassino'; veja vídeo

Incêndio que matou mais de 200 pessoas ocorreu há oito anos e meio e será julgado a partir desta quarta (1º)

Luciano Bonilha Leão, 44, chegou aos prantos no Foro Central de Porto Alegre, na manhã desta quarta-feira (1º). O produtor musical é um dos quatro réus que serão julgados pela trágico incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria/RS, em 2013, que vitimou 242 pessoas. O julgamento pode seguir por até 15 dias.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados