Paraquedas não abre no ar, e bombeiro rodopia após salto de avião em Boituva, SP; veja vídeo

Agente teve de usar paraquedas reserva durante queda livre

O paraquedas principal do tenente-coronel Heitor Fernandes da Luz, do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, teve um problema após o agente saltar de avião durante um curso em Boituva (SP) nessa terça-feira (3).

O equipamento não abriu no ar, e o bombeiro chegou a rodopiar em queda livre enquanto tentava ativar o item. Momentos depois, ele se comunicou com colegas e puxou a corda do equipamento reserva, que abriu normalmente. Apesar do susto, o profissional conseguiu descer em segurança.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil