Vídeo de revólver 'sugado' por aparelho de ressonância magnética viraliza nas redes sociais

Caso aconteceu com um policial militar em 2015, quando recebia atendimento em uma clínica de Florianópolis

Arma de fogo grudada em uma máquina
Legenda: Arma ficou colada em máquina de ressonância magnética
Foto: Reprodução/RBS TV

Um policial militar teve o revólver "sugado" por aparelho de ressonância magnética durante realização de uma abordagem em uma clínica. Segundo o g1, o caso aconteceu em 2015, em uma clínica de Florianópolis, Santa Catarina, mas viralizou nas redes sociais na última segunda-feira (27).

A publicação no Twitter registrada mais de 4,1 mil compartilhamentos e 58,4 mil curtidas até às 18h40 de hoje. Na legenda, o perfil escreveu: "e o cidadão de bem que foi fazer uma ressonância com um revólver".

O vídeo mostra o momento em que uma equipe de profissionais removem o revólver do PM.

O aparelho responsável por realizar o diagnóstico de lesões e tumores possui um intenso campo magnético funciona como um ímã. Por isso, quando o homem se aproximou com a arma, o revólver foi puxado. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil