Idoso é preso na Alemanha suspeito de tomar 87 doses de vacina contra a Covid-19

Homem ia até três vezes por dia a postos de saúde receber o imunizante e depois vendia comprovantes a pessoas antivacina

vacina contra a covid-19
Legenda: Irregularidade na vacinação já está sendo investigada pela polícia alemã
Foto: Jack Guez/AFP

Um homem de 61 anos suspeito de tomar ao menos 87 doses da vacina contra a Covid-19 foi preso na Alemanha. O idoso vendia comprovantes de imunização para cidadãos que precisavam entrar em ambientes restritos àqueles com o ciclo vacinal completo. 

A Deutsche Welle, imprensa estatal alemã, informou que o homem chegava a ir três vezes por dia receber doses da vacina para aumentar a quantidade de comprovantes. 

O suspeito procurava postos de saúde nos estados da Saxônia e Saxônia-Anhalt, no leste do país, para ser vacinado e depois seguia em busca de clientes. 

Segundo o porta-voz da Cruz Vermelha alemã, Kai Kranich, o homem foi preso após um funcionário de um centro médico em Eilenburg o reconhecer. Ele avisou a polícia afirmando que o viu mais de uma vez no local.

Já detido, o homem está sendo alvo de uma queixa por suspeita de participação na venda de passaportes de vacinação. Autoridades alemãs não passaram mais detalhes sobre o andamento das investigações.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo