Foguetes são lançados contra o aeroporto de Cabul no penúltimo dia das tropas dos EUA no Afeganistão

Moradores das proximidades do aeroporto afirmaram que ouviram o som da ativação do sistema de defesa de mísseis

Legenda: Foguetes foram disparados no aeroporto de Cabul em 30 de agosto, onde as tropas dos EUA estavam correndo terminar a retirada do Afeganistão e evacuar aliados sob a ameaça de ataques de grupos do Estado Islâmico.
Foto: AFP

Vários foguetes foram lançados nesta segunda-feira (30) contra o aeroporto de Cabul, no penúltimo dia no Afeganistão das tropas dos Estados Unidos, que se apressam para concluir a operação de retirada entre ameaças de novos ataques.

Uma fonte que trabalhou para o Departamento de Segurança do governo afegão derrubado pelos talibãs há duas semanas afirmou que os foguetes foram lançados a partir de um veículo na zona norte de Cabul, onde fica o aeroporto.

Moradores das proximidades do aeroporto afirmaram que ouviram o som da ativação do sistema de defesa de mísseis e que viram estilhaços caindo do céu, o que indicaria que ao menos um foguete foi interceptado. 

A Casa Branca confirmou o ataque com foguetes contar o aeroporto e destacou que a retirada prosseguiu sem interrupção.

O presidente americano, Joe Biden, estabeleceu a terça-feira, 31 de agosto como data-limite para a retirada das tropas do Afeganistão, o que significará o fim de duas décadas de uma operação militar iniciada como represália pelos atentados de 11 de setembro.

Mas as tropas americanas estão mais concentradas agora em sua própria saída e na retirada dos diplomatas do país.

"O presidente (...) voltou a confirmar a ordem para que os comandantes redobrem os esforços para fazer o que for necessário para proteger nossas forças no local", afirmou a Casa Branca em um comunicado.

O retorno do movimento islamita Talibã ao poder, do qual foram afastados em 2001, desencadeou uma tentativa desesperada de fuga de afegãos em voos organizados pelos países ocidentais, liderados pelos Estados Unidos.

Os voos, que permitiram a retirada de mais de 114.000 pessoas do aeroporto de Cabul, terminarão oficialmente na terça-feira, mas vários países já concluíram suas missões.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo