Explosão em prédio no centro de Madri deixa mortos

Uma das vítimas é uma idosa de 85 anos

Legenda: O local está isolado pela polícia, que orienta que os cidadãos não se aproximem da área
Foto: AFP

Três pessoas morreram e uma está desaparecida após forte explosão em um prédio no centro de Madri, na Espanha, por voltas das 15h desta quarta-feira (20) - 11h no horário de Brasília. O incidente destruiu os andares superiores do prédio e foi causado por problemas durante o reparo em uma caldeira

Segundo o prefeito de Madri, José Luis Martínez-Almeida, os mortos são uma idosa de 85 anos, um homem cuja idade não pôde ser determinada ainda e uma terceira pessoa que ficou sob os escombros. Há, também, 11 feridos, ao menos um deles gravemente, informou a presidente regional, Isabel Díaz Ayuso.

A explosão causou graves danos no edifício de seis andares, pertencente a uma paróquia e situado perto de uma residência para idosos e uma escola nas quais, apesar dos temores iniciais, não deve ter havido vítimas.

Em vários andares do imóvel, situado na rua Toledo, a fachada ruiu e só ficou de pé a estrutura do edifício. Uma coluna de fumaça saía de seu interior, enquanto os bombeiros tentavam apagar as chamas.

Dezenas de veículos de emergência se deslocaram para a região, cheia de entulhos, e os serviços de emergências médicas ergueram uma barraca amarela para atender os feridos da explosão que provocou terror nos vizinhos.

"Estávamos em casa e vimos nossas janelas e todo prédio sacudir (...) Como tenho meu filho na escola do centro, fiquei com medo, saímos de casa e vimos tudo isso", disse Simona Garufi, de 45 anos que mora a 600 metros da explosão.

"Pareceu uma explosão. Todos abriram as janelas e olharam para fora. O barulho foi muito, muito alto", explicou Lorenzo Fomento, um italiano de 43 anos que trabalhava em sua casa perto do prédio atingido.

Valentín Moreno estava a cerca 100 metros do local quando ouviu "uma explosão muito grande". "Achei que fosse uma bomba", disse o agente de vendas de 48 anos.

A capital espanhola se recuperava de uma nevasca histórica, que caiu há quase duas semanas, seguida de um frio glacial que dificultou a retirada de gelo. Assim, a neve ainda está em muitas ruas.

Escola vizinha

Devido à presença de gelo no exterior, os alunos ficaram dentro das salas de aula durante o recreio, o que os protegeu das chuvas de escombros que caíram no pátio do colégio após a explosão. "Poderia ter sido uma tragédia gigantesca", afirmou o prefeito de Madri.

Legenda: O local do incidente fica a 11 metros de distância do lar para idosos
Foto: Google Maps

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados