Covid-19: 97% das mortes em Israel nos últimos 30 dias foram de pessoas não vacinadas

A informação foi dada por Benjamin Netanyahu. Cerca de 3,3 milhões de pessoas já receberam pelo menos uma das duas doses das vacinas

Foto: AFP

Em apelo para a população israelense se vacinar, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu informou que mais de 97% das mortes no país em razão da Covid-19, nos últimos 30 dias, não foram de pessoas imunizadas. No período, 1.536 óbitos foram registrados por complicações da doença. 

Israel é o país mais avançado no processo de imunização, com a campanha iniciada ainda em dezembro último para idosos acima de 60 anos e grupos de alto risco. Depois, ampliou para adolescentes a partir de 16 anos. 

Cerca de 3,3 milhões de pessoas já receberam pelo menos uma das duas doses das vacinas contra a Covid-19 no país.

“Este mês - 97% dos mortos de corona em Israel não foram vacinados. Menos de 3% deles foram vacinados! Cada um deles é um mundo e sua plenitude. Quando você é vacinado, todos nós salvamos vidas. Vá se vacinar”, disse. 

Benjamin também alertou sobre as notícias falsas em relação aos efeitos colaterais do imunizantes e frisou que se vacinar é um ato de sobrevivência. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo