Brasileira morre de câncer agressivo nos EUA um mês depois de casar

Doença foi descoberta no ano passado, após ela sentir dores no estômago

O casal Alex e Ana estão de frente um para o olho, se olhando, com as testas encostadas. Ela repousa uma das mãos no rosto dele.
Legenda: Alex e Ana se casaram no último dia 30 de abril, nos Estados Unidos.
Foto: Arquivo pessoal

Ana Paula de Oliveira, uma brasileira de 29 anos que, em 2017, saiu de Hortolândia, em São Paulo, para estudar nos Estados Unidos, morreu vítima de um câncer agressivo um mês depois de se casar com Alex, um norte-americano.

Segundo o g1, que contou a história, Ana Paula foi para o exterior estudar num intercâmbio. Longe da família, morando no estado de Rhode Island, ela descobriu a doença em estágio avançado, no ano passado, após sentir dores no estômago.

Mesmo com a esperança de cura, ela decidiu acelerar os trâmites para se casar com Alex. A cerimônia foi no dia 30 de abril.

Ana morreu na madrugada desta quinta-feira (2), após uma piora drástica no quadro clínico, 33 dias após o casamento. Ela chegou a ficar internada e intubada antes de seus órgãos começarem a falhar.

Despedida

A família de Ana, de acordo com o g1, ainda não definiu detalhes sobre o velório, mas a previsão é de que haja um funeral nos Estados Unidos, na próxima terça-feira (7), organizado pelo marido e por amigos.

'Sonho dos dois'

O irmão de Ana Paula, Alexandro de Oliveira, 28, disse ao g1 que "o casamento era um sonho dos dois". "Meu pai e minha mãe estão muito mal, só choram. Minha mãe esteve com ela até 15 de maio, voltou porque a Ana não estava tão mal, mas, quando o quadro piorou, foi de vez", relatou.

Ana Paula exibiu fotos do casamento com Alex nas redes sociais. Ela nunca se entregou à doença, embora soubesse da gravidade, segundo o irmão.

"Havia muita esperança no tratamento. Tanto que os planos da minha mãe eram ficar seis meses por aqui e depois voltar para cuidar dela lá", disse Alexandro.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo