Vereador Franzé do Hospital é assassinado em restaurante em Horizonte

O crime ocorreu na tarde desta sexta-feira (5) em uma churrascaria

Escrito por Matheus Facundo e Letícia Lima ,

Segurança
Franzé do Hospital, vereador de Horizonte morto
Legenda: O vereador foi eleito no pleito eleitoral de 2020
Foto: Reprodução/Instagram

O vereador Franzé do Hospital (PP), de 44 anos, foi assassinado a tiros em uma churrascaria de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na tarde desta sexta-feira (5). Ele estava almoçando com outros quatro vereadores quando um homem chegou numa moto e foi direto até a mesa dos parlamentares e atirou contra Franzé. 

De acordo com o vereador Haroldo Sousa (SD), o criminoso mandou todos deitarem no chão e mirou para Franzé. O atirador teria tentado disparar contra outro parlamentar, mas teria ficado sem munição. 

"Perdemos um pai de família, um amigo, um cidadão de bem e uma pessoa que lutava pro justiça social", lamentou Haroldo, pedindo justiça e pontuando que não houve assalto. 

Ainda não se sabe o que motivou o assassinato do parlamentar. O caso é investigado pela Polícia Civil, com apoio da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

"Equipes da Polícia Militar e da Perícia Forense foram acionadas para o local do crime. Reforços foram enviados para a região com o objetivo de identificar e prender os responsáveis pelo homicídio", afirmou, em nota, a pasta. Um subtenente da Polícia Militar do Ceará (PMCE) informou ao Sistema Verdes Mares no local que Franzé do Hospital levou cinco tiros na cabeça. 

área próxima a local onde vereador foi morto a tiros em restaurante de horizonte
Legenda: A churrascaria onde ocorreu crime fica próxima ao Mercado Público de Horizonte e foi isolada pela Polícia
Foto: Reprodução

Almoço de vereadores 

O restaurante que sediou o crime fica próximo ao Mercado Público municipal. O vereador Getúlio Vargas (PTB), que também estava na mesa do almoço, conta que o grupo saiu da Câmara Municipal de Horizonte por volta das 12h40.

O prefeito de Horizonte, Nezinho Farias (PDT), informou que vai decretar luto oficial de três dias na cidade.  Franzé do Hospital foi eleito em 2020 com 1.186 votos. Antes de ser vereador, era técnico de laboratório e raios-x.

Izolda Cela manda reforços para Horizonte

A governadora do Ceará, Izolda Cela (sem partido), lamentou a morte do vereador e determinou que o secretário da SSPDS, Sandro Caron, envie os "reforços necessários" a Horizonte "para a imediata identificação e prisão dos envolvidos". 

"O crime não ficará impune. Ao mesmo tempo me solidarizo com os familiares e amigos do vereador Franzé do Hospital diante de tão trágico acontecimento", publicou a chefe do Executivo Estadual nas redes sociais na tarde desta sexta.

Veja a nota da SSPDS na íntegra:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Delegacia Metropolitana de Horizonte, com apoio do Departamento de Inteligência (DIP) e da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da SSPDS, investiga um homicídio que aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (05), em Horizonte, Área Integrada de Segurança 25 (AIS 25) do Estado. Conforme informações preliminares, a vítima, um homem de 44 anos, foi alvejado por disparos de arma de fogo em um estabelecimento comercial, localizado na sede do município. Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas para o local do crime. Reforços foram enviados para a região com o objetivo de identificar e prender os responsáveis pelo homicídio.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, do Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3257-4807, do DHPP. O sigilo e o anonimato são garantidos.