Mulher é atingida de raspão por bala perdida na sala de casa no Mondubim

A vítima sentiu uma pressão forte no braço, mas só percebeu que havia sido atingida por um tiro no dia seguinte, quando encontrou a bala

Legenda: Moradora é atingida por bala perdida dentro de casa no Bairro Mondubim
Foto: Foto: Arquivo Pessoal

Uma mulher foi atingida por uma bala perdida enquanto assistia à TV na sala de casa, no Bairro Mondubim, em Fortaleza, neste sábado (24). O tiro entrou pelo teto e pegou de raspão no braço direito da revisora ortográfica Mayara Gomes, de 32 anos. Apesar do susto, ela passa bem. 

Gomes conta que sentiu uma pressão forte no braço e viu que algo havia “caído do teto”, onde se formou um buraco. Porém, só percebeu que havia sido atingida por um tiro de raspão no dia seguinte, quando encontrou o projétil da arma de fogo atrás do sofá.

“Senti a pressão no braço, com muita dor, só que pensei que era alguma coisa no meu teto, no forro. Quando olhei tinha um buraco, só que não veio na minha cabeça que era uma bala, só no domingo foi que afastei meu sofá e encontrei a bala”, relatou. 

Na noite do ocorrido, a vítima não ouviu barulho de tiroteio na região onde mora, no Conjunto Sítio Córrego. 

“Não ouvi, porque de frente da minha casa tem um bar, tava com música, não deu pra ouvir nada, por isso tomei um susto”, acrescentou. 

Legenda: Moradora é atingida por bala perdida dentro de casa no Bairro Mondubim
Foto: Foto: Arquivo Pessoal

A revisora registrou um boletim de ocorrência no 8º Distrito Policial, no Bairro José Walter, mas, segundo ela, a polícia também não tinha informações sobre ocorrências naquela área. 

“Acho que foi, realmente, algo aleatório, talvez tenha tido alguma coisa aqui por perto ou alguém atirou pra cima, porque ele [policial] falou também que pode ter sido isso porque ela [bala] veio bem retinha, só não pegou na minha cabeça porque furou o teto e bateu na parede atrás de mim, e aí ela foi pro meu braço”, comentou. 

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) confirmou que o B.O. foi registrado, e informou que foram expedidas guias para realização de exames periciais.

A bala encontrada pela revisora atrás do sofá de casa foi entregue à polícia. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança