Motorista de aplicativo tem corpo queimado e carro roubado por criminosos, em Caucaia

De acordo com a polícia, os suspeitos lesionaram o condutor com um objeto perfurocortante, atearam fogo nele e subtraíram o carro

Um motorista de aplicativo foi roubado, agredido e teve o corpo queimado após realizar uma corrida na noite deste sábado (21), em Caucaia, na Grande Fortaleza. Segundo a Polícia Civil, o fato foi noticiado através de um Boletim de Ocorrência (BO), na Delegacia Metropolitana de Caucaia.

A polícia afirmou que o motorista de aplicativo foi abordado por indivíduos na rua Campo do Madureira, no bairro Guajiru. Durante o crime, os suspeitos lesionaram a vítima com um objeto perfurocortante, atearam fogo nele e subtraíram o carro.

> Motorista de aplicativo é morto a tiros próximo à BR-116, no bairro Cajazeiras 

Motorista de aplicativo desaparecido é encontrado morto na Região Metropolitana de Fortaleza

A polícia afirmou ainda que o motorista foi socorrido por moradores para um hospital, onde se encontra em atendimento. A Polícia Militar foi chamada e realizou buscas na região. Após investigações, o veículo foi localizado no bairro Parque Santa Rosa, na madrugada deste domingo (22). As Polícias Civil e Militar seguem em diligências com o intuito de identificar e capturar os suspeitos. 

Denúncias

A população da região pode contribuir repassando informações que auxiliem na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas pelo número (85) 3101-3360, da Delegacia Metropolitana de Caucaia.

Motorista morto no bairro Cajazeiras

No mês de outubro, um motorista ficou caído no meio-fio a alguns metros do veículo que dirigia, que estava com o porta-malas aberto. Os sapatos da vítima estavam jogados na via, atrás do automóvel, um Onix preto.

Caso Alexandre Fernandes

Em agosto deste ano, o motorista Alexandre Fernandes foi sequestrado e morto por criminosos que solicitaram uma corrida no Bairro Maraponga. Eles anunciaram o roubo e exigiram que a vítima fosse para o banco de trás do carro. O motorista reagiu e foi alvejado pelos assaltantes. O corpo de Alexandre foi encontrado dois dias depois do desaparecimento, no Km 30 da BR-116, em Aquiraz, município da Grande Fortaleza. Oito pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público pela morte de Fernandes. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança