Mãe e filha vítimas de feminicídio em Itapipoca são sepultadas

As duas foram veladas e enterradas em Amontada na manhã deste domingo

Legenda: A doméstica Maria Erivalda Frota e a filha, de 1 anos e 11 meses, foram assassinadas com golpes de faca.
Foto: Foto: reprodução

A doméstica Maria Erivalda Frota e a filha, Maria Cecília Frota, de 1 anos e 11 meses, assassinadas com golpes de faca na manhã de sábado (8) em Itapipoca, foram sepultadas na manhã deste domingo (9), no Cemitério São Sebastião, na cidade de Amontada. O principal suspeito é o cabeleireiro Francisco Marlin Oliveira Lima, que morava com as vítimas.

Segundo informações da Polícia, Francisco Marlin enviou um áudio pelo WhatsApp para a irmã da vítima, pedindo que fosse à casa dele porque havia cometido o crime. Ele está foragido. O caso está sendo tratado pela Polícia Civil como duplo feminicídio

Foragido 

Em nota, a Polícia que o acusado foi visto na região do distrito de Assunção, onde abandonou uma moto próximo à barragem de Barra Nova. 

Policiais civis e militares passaram o sábado realizando buscas na região, informou a Delegacia Regional de Itapipoca (3ª Região). Neste domingo, a Polícia Militar continua em perseguição ao suspeito, com cinco equipes. A Polícia Civil também faz diligências em outra linha de investigação, que não revelou.