Homicídios passam de 147 durante motim de PMs

O dado representa, em média, uma morte a cada 49 minutos entre a quarta-feira (19) e este domingo (23)

Legenda: Homicídio na Praça da Gentilândia, no Benfica
Foto: Rafaela Duarte/Sistema Verdes Mares

O Ceará registrou 147 homicídios de 0h da quarta-feira (19) a meia-noite desta segunda-feira (24), durante o motim dos policiais militares, de acordo com a mais recente atualização da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS). O dado representa, em média, uma morte violenta a cada 49 minutos durante o período.

No domingo, o Diário do Nordeste contabilizou, apenas no domingo, nove mortes por Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Fortaleza, Caucaia, Itapajé, Canindé, Juazeiro do Norte e Horizonte. Os CVLIs englobam os casos que se enquadram como homicídio doloso/feminicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio.

> Veja quem são os 230 policiais afastados por motim no Ceará

> Policiais desertores são presos pelo BP Choque

> Ceará tem dia mais violento dos últimos 8 anos

Execução em telhado de casa

No bairro Parque Araxá, em Fortaleza, um jovem de 20 anos foi executado a tiros, na noite de domingo. Segundo a Guarda Municipal, a vítima caminhava pela rua Minervino de Castro com a namorada quando foi abordada por homens armados. O jovem fugiu e subiu no telhado de uma residência. Os suspeitos o perseguiram e, em cima do telhado, efetuaram vários tiros. O jovem foi atingido e caiu em um quintal da casa.

O pai da vítima disse para os guardas municipais que não sabia se o filho vinha recebendo ameaças. Ele afirmou também que ele não tinha passagem pela polícia, mas era usuário de drogas. Ninguém foi preso.

Travesti

Ainda em Fortaleza, também no domingo, uma travesti foi morta a tiros na Rua Quintino Bocaiúva, no bairro Centro. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSPDS) a vítima do sexo masculino estava sem identificação. A investigação será conduzida pela 4ª Delegacia do DHPP.

Morto em bar

E no município de Itapajé, a 125 km da capital, um jovem de 19 anos foi morto a facadas dentro de um bar. Segundo a polícia, houve um desentendimento e ele foi esfaqueado. Ele foi socorrido por populares e levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Equipes da Delegacia Municipal de Itapajé chegou a fazer buscas na região onde aconteceu o crime, mas não conseguiu localizar nenhum suspeito.

Praça da Gentilândia

Na madrugada de domingo, na Praça da Gentilândia, um homem foi executado a tiros. De acordo com a Guarda Municipal, eles receberam a ocorrência através do Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). De acordo com a polícia, a vítima sem identificação, foi abordada por homens que já chegaram atirando. Não há informações sobre os criminosos. Ninguém da família apareceu na praça.  De acordo com a polícia, ninguém foi baleado além da vítima fatal.

Perseguição e morte dentro de bar

Em Juazeiro do Norte, na tarde de domingo, um adolescente identificado como Erick Chagas de Assis de 18 anos foi assassinado a tiros quando trafegava à pé pela rua Dom Pedro II, no bairro Pirajá. Dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram tiros. O rapaz tentou se esconder dentro de um bar, porém foi atingido e morreu dentro do local.

Morto em praça

Em Horizonte, na noite de domingo, um homem de 33 anos foi morto a tiros, na Praça da Bíblia, no bairro Mangueiral. Os suspeitos fugiram após a ação. Segundo a polícia, a vítima identificada como Carlos José Valentim não possuía antecedentes criminais. 

Uma equipe da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no local e colheu indícios que auxiliarão os trabalhos policiais. Um inquérito policial foi instaurado na unidade da PCCE, que dará prosseguimento às apurações.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança