Homem que matou PRFs em Fortaleza é identificado pela Perícia Forense

A pessoa tinha 31 anos e não possuía antecedentes criminais

Escrito por Matheus Facundo, matheus.facundo@svm.com.br

Segurança
corpo no chão na br-116 após morte de PRFs
Legenda: O homem foi baleado por um policial de folga após o crime
Foto: Fabiane de Paula

O homem que matou dois policiais rodoviários federais (PRFs) em Fortaleza foi identificado pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) como Antônio Wagner Quirino da Silva. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ele tinha 31 anos e não possui antecedentes criminais.

Wagner foi morto por um policial de folga que passava pelo local. 

Ele foi visto perambulando pela rodovia BR-116 antes do crime. Na manhã desta quarta-feira (18), ele foi abordado pelos PRFs e acabou entrando em luta corporal com eles, tomando uma arma e efetuando disparos. 

A identificação foi feita por meio de exame de necropapiloscopia, técnica utilizada pela Coordenadoria de Identificação Humana e Perícias Biométricas (CIHPB) da Pefoce.