Homem que estuprou mulher em Itaitinga não possuía antecedentes criminais

A vítima foi violentada enquanto estava desacordada após beber em um comércio

Escrito por Redação,

Segurança
Imagens do crime que aconteceu em Itaitinga
Legenda: Crime aconteceu no início da manhã do dia 20 de março
Foto: reprodução

O homem flagrado por câmeras de segurança estuprando uma mulher de 41 anos em via pública de Itaitinga, não possuía antecedentes criminais, informou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O suspeito tirou a própria vida, nessa terça-feira (5), ao ser encontrado pela Polícia.

Após o crime, que aconteceu em 20 de março, José Nascimento Veras, de 37 anos, fugiu para Miraíma, a cerca de 207 quilômetros da cidade da Região Metropolitana de Fortaleza. Na localidade, ele ficou escondido na casa de familiares, segundo a Polícia Civil. 

Ao identificar a localização do homem, equipes da Delegacia Metropolitana de Itaitinga se deslocaram até o município para cumprir o mandado de prisão em desfavor dele. Com o cerco policial, ele acabou tirando a própria vida. 

A ofensiva policial teve participação de agentes da 1ª Companhia do 11º Batalhão da Polícia Militar do Ceará (PMCE). "A Polícia Civil mantém as diligências visando concluir o inquérito policial e remeter ao Poder Judiciário", diz a SSPDS em nota.

Entenda o caso

A vítima de estupro foi uma mulher de 41 anos, que bebia em um comércio na rua Antônio Cavalcante Rangel, no bairro Ponta da Serra, em Itaitinga. Ela teria se embriagado no local e, por volta das 4h, foi deixada na rua ao lado, desacordada, pelos frequentadores do estabelecimento. 

O crime, então, teria acontecido por volta das 5h, quando um motorista não identificado parou no local, viu a mulher desacordada e a estuprou. O crime aconteceu logo após ele tocar a mulher, que não esboçou reação.