Entregador de aplicativo é morto a tiros e criança de onze anos é ferida no Vila União

Dois homens desceram de um automóvel e efetuaram vários tiros. Ninguém foi preso

Legenda: Crime na Rua Vênus, no bairro Vila União
Foto: Darley Melo/Sistema Verdes Mares

Um entregador de aplicativo foi morto e uma criança de onze anos baleada durante um tiroteio, na noite deste sábado (11), no bairro Vila União, em Fortaleza. 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, a vítima identificada como Charllye William Mota de Morais, de 28 anos, estava uma calçada, localizado na Rua Plutão.  Suspeitos desceram de um automóvel Gol de cor azul armados e disparam contra o homem que tentou fugir, mas morreu no local. 

Ainda segundo a polícia, durante o tiroteio, um dos tiros atingiu a criança. A polícia afirmou também que a criança foi encaminhada em estado grave para o Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro. A Polícia Civil investiga o caso. Até a manhã deste domingo (12), ninguém foi preso.

Ainda na noite de sábado, as equipes do DHPP realizaram buscas com objetivo de predenr os autores do crime, bem como identificar a motivação. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também esteve no local, onde colheu indícios que auxiliarão as investigações. Um inquérito policial foi instaurado e as diligências visando identificar os autores, bem como a motivação, estão em curso.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o ‪‪(85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número ‪‪‪(85) ‪99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de segurança?