Criança de 11 anos atingida por bala perdida no Vila União tem morte cerebral, afirma IJF

O menino foi baleado durante crime de execução de um entregador de aplicativo, na noite deste sábado (11)

A criança de 11 anos atingida por bala perdida durante a execução de um entregador de aplicativo no Bairro Vila União, em Fortaleza, teve morte cerebral, segundo informações do Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF) repassadas nesta segunda-feira (13). 

Após constatar a morte cerebral, o IJF iniciou um procedimento que envolve a posterior confirmação da morte e a decisão da família por doar ou não os órgãos.

O entregador de aplicativo identificado como Charllye William Mota de Morais, de 28 anos, foi assassinado a tiros na Rua Plutão, na noite deste sábado (11). Os suspeitos do crime desceram de um veículo armados e efetuaram vários disparos contra a vítima.

Um dos tiros atingiu o menino de onze anos que brincava próximo ao local do crime, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Ceará. A criança foi encaminhada em estado grave para o IJF, no Centro, onde permanece internada.

Os autores dos disparos ainda não foram encontrados. Um inquérito policial foi instaurado e as investigações do caso estão em andamento. 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de segurança?