Assaltantes fazem arrastão em lanchonete e invadem UPA no bairro São Cristovão

Moradores do bairro denunciam que os assaltos estão constantes

O bairro de São Cristovão, em Fortaleza, registrou uma série de assaltos entre a noite desta quarta-feira (26) e a manhã desta quinta-feira (27). Uma lanchonete foi invadida e clientes assaltados. A dupla levou os pertences dos clientes. A Unidade de Atendimento de Pronto Atendimento (UPA) também foi alvo de criminosos. Dois homens tentaram assaltar pacientes, mas tiveram a ação impedida pela Guarda Municipal

Nas imagens do sistema de monitoriamento de vídeo da lanchonete, é possível ver que um dos homens com camisa azul e bermuda entra na loja exigindo que uma das funcionárias repasse todo o dinheiro do caixa. O suspeito, armado, chega a passar uma pistola próximo ao rosto de uma criança. Um outro suspeito se dirige a cada cliente e pega os pertences como carteiras, relógios e aparelhos celulares. A dupla age rápido e, em menos de dois minutos, deixa o local.

Assaltos no São Cristovão

Relatos de moradores mostram que no bairro aconteceram vários assaltos. Os crimes iniciaram ainda pela manhã. Em um deles, dois funcionários de uma metalúrgica foram assaltos em frente da empresa.

De acordo com o funcionário Divalcy de Sousa, que trabalha no local há mais de 20 anos, um homem pilotando uma moto parou em frente à empresa e, armado, anunciou o assalto. “Trabalho aqui no São Cristovão há mais de 20 anos e foi a primeira vez que fui assaltado. Foi por volta das 9 horas da manhã. Eu estava sentado ao lado de um colega na porta da metalúrgica quando chegou um rapaz de moto e anunciou o assalto. Desceu da moto e já vinha com um revólver na mão. Não deu tempo nem de correr. Levou a minha carteira e o celular do meu colega”. “Há outras vítimas. Ele vinha assaltando desde o Cuca do São Cristovão. Assaltando de lá até aqui”, completou.   

Tentativa de assalto a UPA

Segundo relatos de um vigilante, dois homens invadiram a unidade e na recepção renderam os pacientes. Ainda de acordo com o vigilante, um deles estava armado. No momento do assalto passou uma equipe da Guarda Municipal e evitou a ação dos criminosos. Um deles conseguiu fugir. O outro, ainda conforme o vigilante, foi preso e levado para o 30° Distrito Policial.

Denúncias

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o 30° Distrito Policial (DP) investiga o roubo a lanchonete. Segundo a polícia, conforme noticiado em Boletim de Ocorrência (BO), uma dupla armada entrou no local e cometeu o roubo. Imagens de câmeras de segurança que mostram a ação criminosa auxiliam os trabalhos policiais.

A polícia reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando sob sigilo informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou ainda para o telefone (85) 3101-3525, do 30º Distrito Policial (DP).

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança