Aluno é assassinado durante aula de autoescola em Fortaleza

Homem de 27 anos praticava baliza quando foi baleado. Suspeitos do crime foram presos

Cena do crime
Legenda: O crime ocorreu nesta segunda-feira (25), no bairro Paupina, na Capital
Foto: Leabem Monteiro / SVM

Um homem de 27 anos foi assassinado durante uma aula prática de direção de uma autoescola, nesta segunda-feira (25), no bairro Paupina, em Fortaleza. Conforme informações preliminares, a vítima — identificada apenas como Paulo Henrique — morreu no local. 

Os relatos são de que o jovem praticava a manobra de baliza. Neste momento, o instrutor da autoescola teria descido do veículo para orientá-lo, quando três suspeitos teriam chegado disparando contra a vítima. 

Cena do crime
Legenda: Ainda não há mais detalhes sobre o crime
Foto: Leabem Monteiro / SVM

Suspeitos são presos

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que trabalho conjunto realizado por equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e pela Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) resultou nas prisões em flagrante de quatro homens suspeitos de envolvimento no homicídio.

Foram presos Aisson Lima da Silva, 24, e o irmão dele, Aleff Lima da Silva, 21. Os dois não tinham passagens pela Polícia. Com eles, estavam Wesley de Lima Bezerra, 18, e João Victor Lopes, 18, que já possuem antecedentes por tráfico de drogas.

Os suspeitos foram capturados no bairro Sabiaguaba. 

A prisão aconteceu após o veículo utilizado pelos suspeitos ter sido identificado. Os indivíduos abandonaram o veículo nas proximidades da Lagoa da Precabura e tentaram fugir entrando em uma área de mata. Helicóptero da Ciopaer auxiliou nas buscas e os suspeitos foram localizados. Três deles estavam dentro da lagoa, e o quarto envolvido foi encontrado no matagal.

Na ação, foram apreendidos um revólver calibre 38, duas munições, além de quase meio quilo de maconha e 26 trouxinhas de cocaína, que estavam em mochilas que os indivíduos haviam dispersado na mata.

O grupo foi conduzido até o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE). Eles foram autuados pelos crimes de homicídio qualificado e tráfico de drogas. A 3ª Delegacia do DHPP investiga o caso.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança