Chuva de 133 milímetros causa estragos em Juazeiro do Norte

Este foi o maior volume pluviométrico das últimas 24 horas no Ceará

Legenda: Com o volume das chuvas, o asfalto cedeu na Av Ailton Gomes, em Juazeiro
Foto: Fotos: Antonio Rodrigues

As fortes chuvas que caíram sobre a cidade de Juazeiro do Norte, na região do Cariri cearense, deixaram ruas alagadas em diversos bairros. Na Avenida Castelo Branco, o nível da água chegou a quase um metro. As precipitações começaram no fim da tarde desta quarta-feira (25) e seguiram por toda madrugada.

Na Avenida Ailton Gomes, o asfalto cedeu e uma cratera consumiu quase toda a extensão da via. O bairro Lagoa Seca também amanheceu nesta quinta (26) com vários pontos de alagamentos.

Legenda: Parte da Avenida Plácido Aderaldo Castelo ficou intrafegável

A Lagoa da Apuc, que historicamente transborda com chuvas intensas, mais uma vez causou transtornos e gerou danos a imóveis e comércio. O volume da água subiu e interditou um trecho da Avenida Plácido Aderaldo Castelo. A água invadiu uma indústria.  

Conforme Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), entre as 7 horas de ontem e 7 horas desta quinta (27), choveu 133 milímetros em Juazeiro. Este foi o quarto maior volume pluivométrico no Municípios dos últimos 47 anos. A maior chuva deste intervalo foi registrada, pela Funceme, em fevereiro de 2004 (213.2 mm).

Legenda: No bairro Lagoa Seca, indústrias e casas foram inundadas

Confira os maiores volumes do Ceará

  1. Juazeiro do Norte (Posto: Juazeiro do Norte) : 133.0 mm
  2. Bela Cruz (Posto: Prata) : 100.0 mm
  3. Jardim (Posto: Jardim) : 85.0 mm
  4. Granja (Posto: Pessoa Anta) : 84.0 mm
  5. Icapuí (Posto: Peixe Gordo) : 82.4 mm
  6. Boa Viagem (Posto: Boa Viagem) : 75.0 mm
  7. Meruoca (Posto: Meruoca) : 67.0 mm
  8. Cruz (Posto: Cruz) : 63.0 mm
  9. Jardim (Posto: Sitio Bonsucesso) : 62.0 mm
  10. Viçosa do Ceará (Posto: Lambedouro) : 61.2 mm

Em Crato, cidade que faz fronteira com Juazeiro do Norte, a chuva de 48.3 mm também causou transtornos. No bairro Seminário, a força da água formou correntezas e arrastou veículos que estavam estacionados na via. O Canal Granjeiro transbordou pela segunda vez nesta semana

Apesar dos transtornos, conforme a Defesa Civil de Crato e Juazeiro, nenhuma família ficou desalojada. Também não houve feridos. 

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará

Assuntos Relacionados