Cachorro que pediu ajuda em clínica de Juazeiro do Norte é adotado e ganha nome

Quindim deve ir para sua nova casa em quinze dias, após terminar tratamento e ser castrado

Cachorro que buscou veterinária em Juazeiro do Norte.
Legenda: Cachorro foi tratado na clínica veterinária após pedir ajuda
Foto: Reprodução

O cachorro vira-lata que viralizou e emocionou muita gente após pedir ajuda em uma clínica veterinária de Juazeiro do Norte foi adotado e já tem um nome: Quindim. Ele está terminando o tratamento na clínica e deve ir à casa de sua nova dona, na cidade de Milagres, região do Cariri, daqui a quinze dias. 

A mudança na vida de Quindim começou quando ele entrou mancando na recepção clínica da médica-veterinária Deyse Silva, em 6 de março, e mostrou a pata machucada.  

A médica acolheu o cachorro e o levou para atendimento. Quindim tinha uma unha encravada, por isso sentia dor na pata esquerda, e também um problema mais sério: um tumor venéreo que causa sangramento na região peniana.

Quindim começou tratamentos com quimioterapia para tratar o tumor e com medicamentos para carrapatos. De acordo com Deyse, logo após terminar os procedimentos, ele será castrado e poderá ir para sua nova casa. 

O nome 'Quindim' foi escolhido após sugestão da ativista pelo direito dos animais Luisa Mell, devido ao jeito dócil do cãozinho, segundo Deyse.

Adoção

Uma mulher que mora em Milagres, próximo a Juazeiro do Norte, e já tem outros dois cães irá adotar o cachorro. 

"Uma previsão otimista é de que daqui a 15 dias, no máximo, ele estará indo para a residência dela", prevê a médica. Deyse conta, após muita conversa com a mulher, se convenceu de que ela seria a cuidadora de Quindim, por ter muito amor aos animais. 

"Assim que a gente postou, logo nos primeiros dias, ela já entrou em contato com a gente, antes de viralizar, dizendo que queria ele", conta a médica. 

Repercussão

O vídeo do pedido de ajuda viralizou nas redes sociais. Segundo Deyse, diversas pessoas do Ceará e de outros estados, como Distrito Federal e Rio de Janeiro, manifestaram interesse em adotar Quindim. 

Após pedidos de interessados em ajudar o animal, a clínica abriu uma campanha de arrecadação de fundos. No início a meta era arrecadar R$ 4 mil, o equivalente aos custos de internação, medicação e procedimento para tratamento. Em menos de 24h, o valor já havia sido batido.

Até esta quarta-feira (17), a campanha arrecadou R$ 17.905,00. O valor em excesso será destinado para Organizações Não Governamentais (ONGs) que acolhem e alimentam animais de rua.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará