Mia Khalifa diz a Randolfe Rodrigues que ‘está a caminho’ da CPI da Covid

"Vocês estão em crise", escreveu a atriz em resposta a uma publicação do vice-presidente da comissão

Escrito por Redação,

PontoPoder
Mia Khalifa
Legenda: A libanesa teve uma breve, mas bem-sucedida, passagem pela indústria pornográfica. No entanto, ela não se orgulha da carreira no setor
Foto: reprodução/Instagram

A ex-atriz libanesa de filmes adultos Mia Khalifa voltou a interagir com a CPI da Covid neste domingo (18).  "Vocês estão em uma crise... Estou a caminho", escreveu ela em resposta ao vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que mencionou o nome dela em uma postagem nas redes sociais.

O político comentava a investigação que aponta que Eduardo Pazuello, então ministro da Saúde, teria negociado a compra de vacinas com a importadora World Brands, que tem em seu variado cadastro de atividades e negócios "itens de sex shop".

"Em vez de negociar com o Butantan, Pazuello foi negociar a Coronavac com uma empresa de importação de produtos eróticos… Corre aqui Mia Khalifa!", ironizou o senador nas redes sociais.  

Tweet de Randolfe Rodrigues mencionando Mia Khalifa
Foto: reprodução
 

Em resposta a Randolfe no Twitter, Khalifa publicou: "Vocês estão em uma crise... Estou a caminho". O político, em seguida, escreveu: "We are waiting for you!" (Nós estamos esperando você, em livre tradução). 

    

Mia Khalifa teve uma breve, mas bem-sucedida, passagem pela indústria pornográfica dos Estados Unidos, entre 2014 e 2015. No entanto, ela não se orgulha da carreira no setor. Desistiu dos filmes adultos e passou a desencorajar quem deseja se aventurar nesse ramo. Após trabalhar como assistente jurídica, contadora e comentarista esportiva, ela tem se dedicado à carreira de influenciadora digital. 

Fala de senador é associada à Khalifa     

Essa não é a primeira vez que a atriz interage com a CPI. Em maio, no início da instalação da comissão, ela teve que esclarecer que não era médica. "Não sei quem precisa ouvir isso (Brasil), mas eu não sou uma médica, então não aceite conselhos médicos de memes falsos meus que você encontrou no WhatsApp", escreveu no Twitter.  

Na ocasião, o nome de Khalifa foi parar nos assuntos mais comentados após usuários da plataforma associarem uma fala do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) na comissão a ela.   

Os internautas que acompanhavam a oitiva de Mayra Pinheiro, secretária de gestão do trabalho e da educação do Ministério da Saúde, interpretaram que o parlamentar governista teria cometido uma gafe no discurso, ao se basear em um meme que circulou no início da pandemia em que indicava Khalifa como pesquisadora.   

O senador reagiu à repercussão do discurso e taxou a associação com a atriz como “fake news”.  

Tweet Mia Khalifa
Legenda: Na época, ela entrou na brincadeira dos internautas e publicou uma montagem em que aparece no plenário da CPI. "Uma mulher do povo", escreveu
Foto: reprodução
 

Na ocasião, ele relembrou o episódio em que a empresa Surgisphere, que conduziu um teste publicado na revista científica conceituada The Lancet, que condenou o uso da cloroquina contra o novo coronavírus. O artigo estimulou a Organização Mundial da Saúde (OMS) suspender os ensaios clínicos com o medicamento.   

Logo após a pesquisa ser publicada, a própria revista se retratou ao detectar erros nos estudos. Além do posicionamento da 'The Lancet', foi revelado que, entre os funcionários da Surgisphere, trabalhava uma atriz pornô, chamada Ariane Anderson, e um escritor de livros de ficção científica. Após as críticas de outros pesquisadores, a empresa fez uma auditoria independente.  

Na CPI, o parlamentar falou sobre o caso da revista enquanto defendia o uso de cloroquina no tratamento da Covid-19. No discurso, ele apresentava o artigo da The Lancet como um estudo sem credibilidade que condenava o medicamento.      

Meme  

Os internautas associaram a fala do senador Heinze a um meme da atriz Mia Khalifa, citada como doutora Marcela Pereira, que seria uma pesquisadora e conduzia um estudo em larga escala do uso de cloroquina. A notícia falsa foi disseminada nos primeiros meses de pandemia da Covid-19.   

Meme com Mia Khalifa
Foto: reprodução

Quem é Mia Khalifa

Libanesa criada por família católica, Mia Khalifa é conhecida devido à sua curta atuação no mercado pornográfico. A jovem, que mora nos Estados Unidos desde 2000, é graduada em Artes pela Universidade do Texas, na cidade de El Paso, segundo informações d'O Globo.

Em entrevista à BBC, ela disse ter sido convidada para ser "modelo" quando até então trabalhava como garçonete. A decisão a levou a ser o nome mais pesquisado em sites de vídeos adultos. Um dos pontos altos da fama mundial ocorreu quando ela contracenou num vídeo pornográfico usando um hijab, véu usado por mulheres muçulmanas para se cobrir.

"Achei que pudesse fazer do pornô o meu segredinho sacana, mas o tiro saiu pela culatra", comentou em entrevista publicada pela revista Época. O furor causado pela cena chegou a fazê-la receber ameaças do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Atualmente, Mia Khalifa é uma influenciadora digital com quase 25 milhões de seguidores, vivendo de publicidade e postagens patrocinadas no Instagram. Ela se considera uma ex-atriz pornô "arrependida" e destaca ter sido vítima de intimidação de produtores.

"Quando saio na rua, sinto como se as pessoas pudessem ver através da minha roupa e me sinto profundamente envergonhada. Tenho a sensação de que perdi direito a toda a minha privacidade. E perdi, porque estou a um clique de distância no Google", pontua.