Senador Heinze nega que citou meme de Mia Khalifa na CPI da Covid-19

Internautas associaram a fala do parlamentar com um meme da ex-atriz de filmes adultos, que circulou nas redes no início da pandemia

À bancada, em pronunciamento, senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) em sessão da Pandemia da Covid-19
Legenda: O político reagiu à repercussão do discurso e taxou a associação com Khalifa como “fake news”
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

Uma fala do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) sobre uma atriz pornográfica, na CPI da Covid-19 nesta terça-feira (25), causou polêmica nas redes sociais. No Twitter, o nome da ex-atriz libanesa de filmes adultos Mia Khalifa apareceu entre os assuntos mais comentados da plataforma.   

Os internautas que acompanhavam a oitiva de Mayra Pinheiro, secretária de gestão do trabalho e da educação do Ministério da Saúde, interpretaram que o parlamentar governista teria cometido uma gafe no discurso, ao se basear em um meme que circulou no início da pandemia em que indicava Khalifa como pesquisadora

  

No entanto, Heinze citou um caso verdadeiro. O senador relembrou o episódio em que a empresa Surgisphere, que conduziu um teste publicado na revista científica conceituada The Lancet, condenou o uso da cloroquina contra o novo coronavírus. O artigo estimulou a Organização Mundial da Saúde (OMS) suspender os ensaios clínicos com o medicamento. 

Logo após a pesquisa ser publicada, a própria revista se retratou ao detectar erros nos estudos. Além do posicionamento da 'The Lancet', foi revelado que, entre os funcionários da Surgisphere, trabalhava uma atriz pornô, chamada Ariane Anderson, e um escritor de livros de ficção científica. Após as críticas de outros pesquisadores, a empresa fez uma auditoria independente.

No Twitter, o senador reagiu à repercussão do discurso e taxou a associação com Khalifa como “fake news”.  

"Tentar ridicularizar uma opinião contrária não é respeitar a democracia. Pior ainda se o desrespeito é realizado com “Fake News”, propagando uma calúnia para milhares de internautas. Hoje, sofri ataques vergonhosos com o sentido de neutralizar meu discurso. [...] Em momento algum fiz qualquer referência a alguma médica ou sobre qualquer Fake News envolvendo uma pessoa chamada Mia Khalifa", escreveu.    

Na CPI, o parlamentar relembrou o caso da revista enquanto defendia o uso de cloroquina no tratamento da Covid-19. No discurso, ele apresentava o artigo da The Lancet como um estudo sem credibilidade que condenava o medicamento.  

“Com base nesse artigo da Lancet, a OMS mandou que cessassem os testes da droga em 17 países. Pesquisadores começaram a investigar e descobriram que a gerente de vendas da Sugespeer era, pasmem, uma atriz pornô. Não tenho nada contra. E a diretora científica era escritora de ficção. Não era uma grande entidade médica que contratou a pesquisa. Esse é o absurdo”, contou o senador na sessão. 

O político, que faz parte da base do Governo Federal, defende a utilização do remédio para tratar a doença causada pelo novo coronavírus.   

Reações nas redes sociais  

Os internautas associaram a fala do senador Heinze a um meme da ex-atriz Mia Khalifa, citada como doutora Marcela Pereira, que seria uma pesquisadora e conduzia um estudo em larga escala do uso de cloroquina. A notícia falsa foi disseminada nos primeiros meses de pandemia da Covid-19.  

Meme com Mia Khalifa
Foto: reprodução

A conta oficial de Khalifa esclareceu que ela não é médica. "Não sei quem precisa ouvir isso (Brasil), mas eu não sou uma médica, então não aceite conselhos médicos de memes falsos meus que você encontrou no WhatsApp", escreveu.

Mia Khalifa diz que não é médica após viralizar co meme no brasil
Foto: reprodução

Um usuário do Twitter condenou a fala do parlamentar e disse que ele envergonhava o Rio Grande do Sul, estado pelo qual foi eleito para o Senado Federal. 

Usuário comenta fala de senador Luis Carlos Heinze em CPI da Covid
Foto: reprodução

Outro internauta brincou e questionou quando a libanesa será convocada ao Plenário para prestar esclarecimento sobre o caso.  

Usuário comenta fala de senador Luis Carlos Heinze em CPI da Covid
Foto: reprodução

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política