Thyane Dantas mentiu a idade em vacinação contra a Covid, apontam depoimentos de servidoras

Esposa de Wesley Safadão recebeu o imunizante sem estar agendada e fora da faixa etária. Segundo dois depoimentos, ela informou ter 31 anos

Foto: Reprodução

Duas colaboradoras do Município de Fortaleza, atuantes na vacinação do casal Wesley Safadão e Thyane Dantas, afirmaram em depoimento à Sindicância realizada pela Prefeitura de Fortaleza que a influenciadora digital disse ter idade diferente da real durante o processo de imunização.

Os relatos constam na Ata da 7ª reunião do grupo de trabalho do plano Municipal de Operacionalização de Vacinação Contra a Covid-19 a qual o Diário do Nordeste teve acesso com exclusividade. 

Segundo documento datado de 9 de julho de 2021, um dia depois da vacinação do casal, a registradora do local de vacinação e a aplicadora da vacina afirmaram em depoimento que a influenciadora digital disse ter 31 anos durante diferentes etapas da imunização — quando na realidade possuía 30

"A depoente informou que não checou a idade da Srª Thyane, mas que perguntou a idade da mesma, a qual informou possuir 31 anos de idade, que estava para fazer 32 anos", apontou documento com relato de registradora do local de vacinação.

A registradora da vacina tem como função solicitar a documentação do agendamento e dos dados do "Vacine Já". É parte do protocolo para a aplicação da vacina. Após o recebimento da documentação, ela é a profissional que passa as informações sobre o imunológico que será aplicado, questiona o paciente se ele tem algum sintoma de dengue, gripe ou Covid-19, se faz algum uso de medicamento ou tem alguma comorbidade.

Após o questionário, a registradora faz inserção no sistema e preenche o cartão com os dados da vacina.

Aplicadora de vacina ouviu relato semelhante 

Antes da aplicação do imunizante, o relato sobre a idade ouvido pela enfermeira que aplicou a dose única de Jansen em Thyane Dantas foi o mesmo da registradora. "Ao ser questionada sobre a idade do Sr.Wesley, a depoente informou que o mesmo possui 33 anos, que a Srª Thyane Dantas havia informado possuir 31 anos e que a assessora, 'se não me engano, 32 anos'". 

Ao ser indagada por um membro da Comissão de Acompanhamento e Avaliação do Plano Municipal de Operacionalização de Vacinação contra a Covid-19, sobre não ter desconfiado da idade dos três, a enfermeira que aplicou a vacina disse que confiava na equipe de triagem. 

A triagem é a etapa na qual, dentre outros, deve ser checado se a pessoa está cadastrada e na lista de agendamentos. Neste momento, devem ser conferidos documentos como comprovante de residência, RG e CPF, além da informação se a pessoa faz parte do público-alvo em questão.

Procurada nesta quarta-feira (15), a assessoria do cantor informou que seguirá sem se posicionar sobre o caso.

Entenda o caso

O casal é investigado por, no dia 8 de julho, Wesley Safadão ter sido imunizado fora do local estabelecido pela Prefeitura de Fortaleza, enquanto Thyane recebeu dose única de imunobiológico de forma antecipada. 

Na época, a esposa do artista, que tem 30 anos, ainda não estava inclusa na faixa etária contemplada pelas listas divulgadas diariamente pelo poder municipal, que informam quem deve comparecer aos locais de vacinação. Ela não foi agendada. 

Wesley, que estava entre os estabelecidos por idade, teve nome divulgado na lista, mas compareceu à vacinação em um shopping enquanto estava agendado para o Centro de Eventos do Ceará. 

Na ocasião, a assessoria do artista afirmou que Thyane acompanhou Wesley na vacinação e recebeu "dose de sangria", a qual "não foi benefício dela".

Após o episódio a Secretaria Municipal de Saúde instaurou uma sindicância para apurar os fatos. O caso também é investigado pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e virou alvo de inquérito policial no último dia 15 de julho. 

No Diário Oficial do Município do último dia 6 de setembro, a SMS informou que dois funcionários terceirizados e uma servidora do Município são apontados por "irregularidade funcional" no caso. Segundo a Pasta, os terceirizados foram devolvidos para a empresa de origem e não prestam mais serviços para a Prefeitura. 

Wesley Safadão depôs em Delegacia 

Carro do cantor Wesley Safadão estacionado à frente do Complexo de Delegacias Especializadas do Ceará
Legenda: Cantor deixou o local sem falar com a imprensa na manhã desta quarta-feira (15)
Foto: Fabiane de Paula

O cearense Wesley Safadão compareceu à Delegacia de Combate à Corrupção, na manhã desta quarta-feira (15), para depor sobre o caso envolvendo a vacinação dele e da esposa, a influenciadora Thyane Dantas, contra a Covid-19 em Fortaleza.

Ele deixou o local sem conceder entrevistas sobre o assunto. Sabrina Tavares, produtora do cantor, também foi ouvida e ao sair não atendeu a imprensa. 

MPCE segue com investigações

O processo de vacinação contra a Covid-19 de Thyane, Safadão e da produtora do artista, Sabrina Tavares, também segue em apuração pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). A produtora se vacinou na mesma ocasião.

"O MPCE informa que a investigação está em fase de conclusão. Algumas pessoas ainda devem ser ouvidas na próxima semana, quando, possivelmente, as investigações deverão ser concluídas", disse o órgão em nota nesta terça-feira (14). 

Segundo o MPCE, 11 pessoas foram ouvidas nos dias 12 e 18 de agosto, incluindo os três envolvidos no caso e alguns servidores públicos de Fortaleza.  No dia 26 de agosto, o Grupo de Trabalho Covid-19 — formado por promotores de Justiça — duas outras testemunhas foram agendadas para serem ouvidas, incluindo um representante do Instituto de Pesos e Medidas de Fortaleza (Ipem-Fort).

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza