Regé-Jean Page explica saída da série Bridgerton, da Netflix: 'ia ter um começo, um meio e um fim'

Ator afirmou que trabalho estava programado para durar um ano

Escrito por Folhapress,

Zoeira
Ator Regé-Jean Page em cena de Bridgerton
Legenda: Série virou a mais assistida da plataforma de streaming.
Foto: divulgação/Netflix

O ator Regé-Jean Page, 31 anos, fez, da Netflix, manifestou-se acerca da sua saída da série "Bridgerton", do Netflix. Embora tenha feito sucesso como o duque de Hastings na primeira temporada da produção, ele não estará no elenco da próxima leva de episódios, uma vez que acreditara que a participação seria breve.

O ator comentou para a revista especializada Variety que nunca teve planos de participar da continuação da história. "Era o arco de uma temporada", explicou. "Ia ter um começo, um meio e um fim — e estava programado para durar um ano."

Ele, inclusive, afirmou que esse foi um dos motivos pelos quais aceitou o trabalho. "[Eu pensei]: 'Isso é interessante', porque parecia uma série limitada", contou. "Eu posso entrar, eu posso contribuir com minha parte, e então a família Bridgerton segue em frente."

Nas redes sociais, ele acrescentou: "É um prazer e um privilégio!". "Uma honra ser um membro da família —dentro e fora das telas, elenco, equipe e fãs incríveis — o amor é real e continuará crescendo", afirmou.

O anúncio oficial foi feito nesta sexta-feira (2) pela pela produtora Shondaland. "Caros leitores, enquanto todos os olhos se voltam para a busca de Lord Anthony Bridgerton para encontrar uma viscondessa, damos adeus a Regé-Jean Page, que tão triunfantemente interpretou o duque de Hastings", disse o comunicado, publicado com o vocabulário típico da fofoqueira Lady Whistledown, narradora da história.

"Sentiremos falta da presença de Simon na tela, mas ele sempre fará parte da família Bridgerton", continuou o texto. "Daphne [Phoebe Dynevor] continuará sendo uma esposa e irmã devotada, ajudando seu irmão a navegar na próxima temporada social e no que ela tem a oferecer — mais intriga e romance do que meus leitores podem ser capazes de suportar."

Série mais assistida da plataforma

Lançada no dia 25 de dezembro de 2020, a série se tornou a mais assistida da Netflix em todos os tempos. A produção, baseada na obra de Julia Quinn, terá cada temporada centrada na história de um dos membros da família Bridgerton, assim como os livros.

"Uma das coisas que é diferente neste gênero [romance] é que o público sabe que o arco se completa", analisou o ator. "Eles vêm sabendo disso, então você pode amarrar as pessoas em nós emocionais, porque eles têm aquela garantia de que vamos nos assumir e teremos o casamento e o bebê."

"Não tenho nada além de entusiasmo por 'Bridgerton' continuar a todo vapor e conquistar o mundo", disse. "Mas também vale a pena completar esses arcos e furar a aterrissagem."