Matrículas para estudantes da educação inclusiva seguem até quinta-feira (11) em Fortaleza

As inscrições estão sendo antecipadas para que a gestão municipal possa mapear escolas e identificar as necessidades educacionais específicas dos estudantes

Criança cega se prepara para desenhar
Legenda: Podem se matricular alunos com deficiências, Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e altas habilidades ou superdotação
Foto: Divulgação / Prefeitura

As matrículas antecipadas para alunos novatos de escolas inclusivas da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza começam nesta segunda-feira (8) e seguem até quinta-feira (11), nas próprias escolas, das 8h às 11h e das 13h às 17h. 

Poderão ser matriculados os alunos com deficiências, Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e altas habilidades ou superdotação. Trata-se, contudo, apenas das matrículas antecipadas. Ou seja: ao longo de todo o ano, os estudantes ainda poderão ser matriculados.

Segundo a Secretaria Municipal da Educação (SME), com a realização da matrícula antecipada para a Educação Inclusiva, a gestão municipal poderá identificar as necessidades educacionais específicas desses alunos e mapear as escolas. Assim, poderá assegurar, de forma prévia, a organização dos suportes e recursos de acessibilidade física e pedagógica. 

De acordo com a pasta, as próximas etapas da matrícula de alunos que pretendem ingressar na Rede Municipal em 2022 "devem ser divulgadas em breve".

 

Documentos necessários para a matrícula

Os responsáveis devem comparecer à unidade educacional mais próxima da  residência, portando a seguinte documentação:

  • Certidão de nascimento;
  • Foto 3x4;
  • Número de Identidade Social (NIS) do responsável e da criança (caso possua);
  • Comprovante de endereço com CEP;
  • Cartão de vacinação atualizado da criança;
  • RG e CPF do responsável;
  • CPF do estudante;
  • Laudo médico ou relatório pedagógico do aluno. 
     

A ausência do laudo ou relatório não inviabiliza a matrícula, mas o documento pode ser apresentado posteriormente e elaborado por uma unidade educacional que possua Atendimento Educacional Especializado (AEE). 

Medidas sanitárias

Segundo a SME, as unidades de ensino adotarão todas as medidas de segurança sanitária durante o processo de matrícula, como distanciamento, uso obrigatório de máscara e disponibilização de álcool em gel.

Como funciona a rede de Educação Inclusiva 

A Rede Municipal de Ensino de Fortaleza oferece aos alunos com deficiência, TEA e com Altas Habilidades/Superdotação o acesso à educação no âmbito da escola comum.

Segundo a Prefeitura, são organizadas diferentes ações que englobam a implementação e a oferta de serviços para a Educação Inclusiva.  

Qual a diferença das outras escolas 

Segundo a SME, os alunos com deficiência matriculados na Rede de Ensino contam com Atendimento Educacional Especializado (AEE), no contraturno, seja nas 210 Salas de Recursos Multifuncionais (SRM), em instituições conveniadas à Prefeitura, ou por meio de práticas pedagógicas inclusivas em sala de aula comum.

Além disso, dispõem de 372 profissionais de apoio escolar, que realizam acompanhamento dos alunos.

A Rede Municipal possui convênio com sete instituições para a oferta do AEE.

Serviço

  • Matrícula antecipada da Educação Inclusiva
  • Quando: de 8 a 11 de novembro, das 8h às 11h e das 13h às 17h
  • Onde: em todas as unidades da Rede Municipal de Ensino.
Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab