Fies 2021 abre inscrições com 69 mil vagas de financiamento no ensino superior

Candidatos devem ter realizado o Enem entre 2010 e 2020, além de terem média final na prova acima de 450

Inscrições fies 2021
Legenda: Cadastro na plataforma encerrará já nesta sexta-feira (30)
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2021 do segundo semestre iniciam nesta terça-feira (27) e seguem até as 23h59 da sexta-feira (30). Estudantes que tenham prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entre 2010 e 2020 poderão recorrer a uma das 69 mil vagas abertas pelo governo federal.

Os interessados no programa também devem ter alcançado nota média acima de 450. A renda familiar mensal bruta tem que ser de até três salários mínimos por pessoa.

Quem tem Prouni pode se inscrever no Fies?

Bolsistas parciais do ProUni também podem solicitar o financiamento para cobrir a outra parte da mensalidade. No caso do bolsista integral do Prouni, só poderá obter o Fies, caso tenha encerrado a bolsa. 

Quem não pode pedir o Fies?

Alunos que tiraram nota zero na redação ou que realizaram a prova como treineiros não podem pedir o Fies. Há restrições ainda para os candidatos que não tenham quitado o financiamento anterior. 

Como se inscrever?

Através do site fies.mec.gov.br, o candidato deve clicar em "Minha inscrição", depois "Entrar com gov.br" e fazer o cadastro em "Sua conta" com informações pessoais. 

Após o preenchimento do formulário, o estudante deve voltar para o site do Fies, ir à opção "Entrar com gov.br" e fazer o login com CPF e senha. Em seguida, aparece a tela para inscrição no programa de financiamento.

Cronograma

Segundo o cronograma do Ministério da Educação, o resultado dos pré-selecionados será divulgado no dia 3 de agosto. A próxima fase, do dia 4 a 6 de agosto, exige o complemento das informações da inscrição. Já aqueles que forem incluídos na lista de espera poderão ser chamados entre 4 a 31 de agosto.   

Ao todo, o Fies vagas em 23.320 cursos de 1.324 instituições privadas do Brasil. 

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab