Mansão de Beyoncé e Jay-Z pega fogo, e Polícia investiga incêndio criminoso

Imóvel, considerado histórico, tem quase 100 anos e é avaliado em 3 milhões de dólares

Casa de Beyoncé após incêndio
Legenda: Incêndio durou cerca de duas horas
Foto: reprodução/YouTube

Um incêndio que atingiu a mansão pertencente aos cantores Beyoncé, 39 anos, e Jay-Z, 51 anos, está sendo investigado como criminoso pelas autoridades de segurança dos Estados Unidos. O imóvel está localizado em Nova Orleans, no estado da Louisiana, e tem quase 100 anos de construção. As informações são do jornal New York Post.

Uma testemunha confirmou, nessa quinta-feira (22), que policiais receberam relatos de uma pessoa suspeita perto da propriedade, estimada em US$ 3 milhões.

O Corpo de Bombeiros disse à imprensa que a casa estava vaga havia algum tempo, e que 22 agentes atenderam à ocorrência, na quarta (21). Não foram relatadas lesões ou evacuações, e a extensão dos danos segue em mistério.

Uma testemunha disse à publicação que, se os agentes não tivessem chegado logo, "poderia ser muito pior" e que a casa era um "lar histórico". O fogo durou pouco mais de duas horas.

Vizinhos que não quiseram se identificar afirmaram ao site de mídia local Nola que há pessoas que usam um portão destrancado para entrar e sair da propriedade, construída como uma igreja presbiteriana em 1925. Posteriormente, o imóvel foi transformado em uma escola de balé antes de virar uma residência de luxo.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados