Ilha de Nauru quebra 'recorde mundial' e vacina toda a população adulta contra a Covid-19

País é um dos poucos do mundo que não registrou casos do novo coronavírus

Via de Nauru com vários carros estacionados
Legenda: No país, toda a população adulta, incluindo estrangeiros, recebeu a vacina contra Covid-19
Foto: Mike Leyral/AFP

A pequena ilha de Nauru, no Oceano Pacífico, celebrou um "recorde mundial" de vacinação contra a Covid-19: toda a sua população adulta recebeu a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. O local é um dos poucos países do mundo que não registrou casos da doença.

Em um mês, 7.392 pessoas receberam a primeira dose do imunizante no país, o que representa 108% da população adulta registrada em censo oficial  — o número de vacinados inclui pessoas estrangeiras. O governo nauruense anunciou que a campanha de vacinação superou as expectativas. 

"A força-tarefa responsável pela luta contra o coronavírus celebra este recorde mundial e agradece a todos os habitantes que contribuíram para que Nauru continue sendo um lugar livre de Covid-19", ressaltou o governo em comunicado.

O presidente da força-tarefa, Kieren Keke, reconheceu que o menor Estado insular do mundo teve sorte de ter doses suficientes para vacinar toda a população adulta. Nauru recebeu doses da vacina AstraZeneca por meio do programa Covax Facility, iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) para garantir o acesso equitativo à vacinação contra a Covid-19 em 200 países.

"Na chegada de qualquer viajante, existe o risco de o coronavírus entrar em Nauru e os recentes acontecimentos em Papua Nova Guiné, Fiji e Índia demonstraram a rapidez com que a situação pode evoluir", afirmou Keke. Ele também frisou que os moradores da ilha continuarão a ser submetidos a testes.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo