Elefante mata mulher de 70 anos na Índia e volta a pisar em seu corpo durante o funeral

Maya Murmu estava coletando água quando foi surpreendida pelo animal

Elefante
Legenda: Elefante mata idosa de 70 anos na Índia e a pisoteia novamente em funeral
Foto: Shutterstock

Uma idosa de 70 anos de idade foi morta por um elefante enquanto coletava água em uma vila localizada no leste da Índia, e mais tarde teve seu corpo esmagado pelo mesmo animal, segundo informações do jornal britânico Daily Mail

O caso aconteceu na quinta-feira (9), quando Maya Murmu foi surpreendida pelo animal e acabou sendo pisoteada por ele. Ela foi socorrida, mas morreu no hospital devido aos ferimentos, segundo o inspetor da delegacia de polícia de Rasgovindpur, Lopamudra Nayak. 

Na mesma noite, o elefante apareceu novamente, derrubou o corpo da mulher de cima de sua pira funerária, o pisoteou novamente e desapareceu na noite, segundo o Press Trust of India.

Funeral continuou normalmente

Jornais locais disseram que a cerimônia funerária continuou normalmente após o animal deixar o local. As autoridades acreditam que o elefante viajou do Dalma Wildlife Sanctuary até o local do acidente, que fica a mais de 200 km do ponto de origem.

Estimativas do governo indiano mostram que aproximadamente 100 pessoas são mortas por elefantes a cada ano, mas fundações afirmam que o número pode ser até três vezes maior.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo