Cuba pretende oferecer vacina contra a Covid-19 a turistas e vacinar toda a população em 2021

País trabalha no desenvolvimento de quatro vacinas

foto
Legenda: Vacina Soberana 02, desenvolvida pela estatal cubana, está na fase 2 de testes clínicos
Foto: YAMIL LAGE / AFP

O governo de Cuba pretende oferecer a vacina contra a Covid-19 produzida no país para os turistas que visitarem a ilha. Em vídeo publicado pelo canal multi-estatal venezuelano Telesur, Vicente Verez, diretor do Instituto Finlay, estatal para a produção de vacinas, disse que pessoas que visitarem a ilha podem receber o imunizante.

O país tem quatro vacinas contra o novo coronavírus em andamento. A mais avançada, chamada de Soberana 02, pode ser aprovada para uso no país em março

Conforme Vicente, o país espera produzir até 100 milhões de doses da Soberana 02 e vacinar toda a população da ilha em 2021. "Os turistas terão a opção, se quiserem, de se vacinarem em Cuba também", afirmou. 

Os testes de fase 2 do imunizante estão sendo desenvolvidos no Irã, conforme acordo entre os dois governos, anunciado em 9 de janeiro, segundo o portal G1

A estatal Finlay também pretende realizar a fase 3 em outros países, já que Cuba tem baixa prevalência de Covid-19. Segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, Cuba registrou 29,5 mil casos do novo coronavírus 19 e 220 mortes pela doença.

Cuba tem uma população de 11,3 milhões, conforme o Banco Mundial. As doses produzidas também devem ser destinadas para Irã, Vietnã, Venezuela e Índia.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo