Encerrando produção no Brasil, Ford destrói 900 carros inacabados em fábrica de Camaçari, na Bahia

Fábrica de Horizonte deve funcionar até os meses finais de 2021

Escrito por Redação,

Automóvel

A montadora Ford começou a destruir carros inacabados em sua fábrica de Camaçari, na Bahia, após encerrar a produção. Um vídeo, gravado nesta quinta-feira (4), mostra carros inacabados dos modelos Ka, Ka Sedan e Ecosport sendo destruídos. Cerca de 900 carros que seriam finalizados na fábrica devem virar sucata.

A Ford confirmou ao portal UOL que as carrocerias que restaram na fábrica de Camaçari estão sendo destruídas, como parte do processo de preparação para o fechamento. 

O encerramento de todas as fábricas no Brasil foi anunciado em 11 de janeiro. A unidade de Horizonte, no Ceará, deve funcionar até o quarto trimestre de 2021, conforme a Ford. 

A interrupção da fábrica de Camaçari, que produz os modelos Ka e EcoSport, foi imediata. As unidades de Horizonte, onde ocorre a produção da Troller, e de Taubaté (SP), que fabrica motores e transmissão, serão encerradas no restante 2021. 

A montadora ainda deve definir o que será feito com as fábricas. Para a fábrica da Troller, a Ford conversa com pelo menos três empresas interessadas, segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Sedet).

O Governo da Bahia divulgou que tem contato com montadoras interessadas para a fábrica de Camaçari, como marcas chinesas, indianas e japonesas. 

Após a decisão, a participação de mercado da marca caiu de 7,15% para 5%. A venda de veículos da marca no Ceará despencou após a notícia.