Vigilante mata esposa no meio da rua e tira a própria vida em Fortaleza

Segundo a polícia, três armas foram encontradas com o vigilante.

Escrito por Redação,

Segurança
Mulher foi morta em entrada de vila
Legenda: Mulher foi morta em entrada de vila, pelo próprio companheiro, em Fortaleza
Foto: Flávio Rovério/ SVM

Um feminicídio foi registrado no bairro Joaquim Távora, na manhã desta quarta-feira (6). Um vigilante armado atirou contra a esposa no meio da rua Dona Leopoldina e depois tirou a própria vida.

A vítima, identificada como Maria Jocélia Brito, 39, trabalhava como atendente de supermercado em um estabelecimento na Avenida Antônio Sales. O vigilante Francisco Oliveira Lima Filho, 38, chegou a buscar a companheira no trabalho e rendeu quatro funcionários da empresa enquanto esperava pela mulher. 

Por volta de 5h30, com a demora da companheira em chegar ao local de trabalho, ele roubou uma bicicleta de um dos funcionários e voltou para casa. Ao chegar na vila onde moravam, o homem efetuou diversos disparos em Jocélia.

Segundo a polícia, três armas e uma faca foram encontradas com o vigilante. O material foi encaminhado à Divisão de Homicídios, onde foi instaurado um inquérito policial. 

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirmou que as apurações seguem em andamento.