Segurança de motoristas de aplicativos e taxistas é foco de operação da PMCE no Bom Jardim

Vistoriais da Polícia Militar do Ceará (PMCE) monitoram crimes contra motoristas de aplicativo e taxistas na Região Metropolitana de Fortaleza. A Operação Corrida Segura segue nos próximos dias e não há data para o encerramento da operação.

Operação Corrida Segura
Legenda: Mais cedo, a Polícia Militar realizou outra operação, nas imediações da Avenida Historiador Raimundo Girão, na Praia de Iracema.
Foto: Reprodução

Segue até as 18h30 deste sábado (28), no bairro Bom Jardim, em Fortaleza, mais um patrulhamento ligado à Operação Corrida Segura. Conforme a Polícia Militar do Ceará (PMCE), a patrulha iniciou às 16h e acontece nas imediações da Rua Oscar Araripe. É a segunda vistoria ligada à Operação Corrida Segura neste fim de semana. Outra abordagem foi realizada mais cedo na Praia de Iracema.

A Corrida Segura segue nos próximos dias e não há data para o encerramento da operação. As abordagens começaram no dia 24 do mês passado e acontecem em toda Região Metropolitana da Capital. O objetivo é garantir a segurança de usuários, motoristas de aplicativos e taxistas. Durante as intervenções, os veículos são identificados e passageiros e condutores passam por vistorias.

Pelo menos outros três bairros já receberam o efetivo. Segundo a PMCE, desde o começo da operação, ações similares foram realizadas nos bairros Granja Portugal, Floresta, Presidente Kennedy e Praia do Futuro. Pelo menos 2.630 abordagens foram realizadas desde o começo da iniciativa até a última quinta-feira (26), informa a Polícia Militar. Cinco pessoas foram autuadas: três por assalto a mão armada, um por porte de drogas e um motorista de aplicativo por estelionato.    

Vistorias

Oferecem apoio às patrulhas diárias o Policiamento Ostensivo Geral (POG), a Força Tática (FT), o Comando de Choque (CPChoque) e o Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio). A Assessoria de Inteligência Policial (Asint) da PMCE também integra a força-tarefa. O grupo auxilia no monitoramento dos locais e horários em que as ocorrências mais acontecem. 

A presença dos agentes na rua, avalia o Coronel Comandante Geral, Márcio Oliveira,  garante a segurança tanto para os passageiros como para os motoristas. “Com uma maior ação de presença, iremos ampliar a sensação segurança, tanto para os condutores como para os usuários desse tipo de serviço. Intensificaremos nossas abordagens e reforçaremos o efetivo de acordo com a mancha criminal e serviços de inteligência”.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança