Presos mais dois suspeitos de matar três pessoas da mesma família, em Acopiara

Crime ocorreu no dia 2 de maio deste ano, quando pai, mãe e filha foram executados em um sítio na zona rural do município

Legenda: Maria de Fátima da Silva, Graciele da Silva Araújo e Antônio do Ó Araújo, foram mortos com tiros na cabeça
Foto: Arquivo pessoal

Mais dois suspeitos de participação na morte de três pessoas de uma mesma família e maio deste ano foram presos nesta segunda-feira (15) em Acopiara, mesmo município onde o ocorreu o crime. As vítimas são: Antônio Araújo, 54 anos, Maria de Fátima da Silva, 50 anos, e Graciele da Silva Araújo, de 25 anos.

Um homem já havia sido preso no dia 27 de maio suspeito de envolvimento no crime. Ele foi identificado pela polícia como Francisco Edson da Silva, de 28 anos. De acordo com levantamentos policiais, Edson é genro de uma das vítimas e, no primeiro depoimento que deu aos policiais, ele mentiu sobre as circunstâncias do crime.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), foram presos: Antônio Cícero do Ó, de 49 anos, com passagens por porte ilegal de arma de fogo e receptação; Pedro Justo do Ó de Araújo, 43 anos, com passagens por furto.

As três vítimas tinham envolvimento com uma organização criminosa da região, o que teria motivado o crime. Todos os mandados de prisão foram cumpridos, e os suspeitos estão à disposição da Justiça.

O crime

No dia 2 maio deste ano, os corpos de Antônio do Ó Araújo Maria de Fátima da Silva e Graciele da Silva Araújo foram encontrados com lesões resultantes de disparos de arma de fogo dentro de um sítio, localizado na zona rural da cidade. As vítimas não possuíam antecedentes criminais.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança