Presa mulher suspeita de participar de chacina em Juazeiro do Norte

Ao todo, caso já soma sete pessoas encarceradas por envolvimento, aponta a Polícia Civil

Escrito por Redação,

Segurança
Legenda: Ações de inteligência e investigativas estão em curso em busca de outros envolvidos
Foto: Divulgação/SSPDS

Uma mulher de 35 anos, suspeita de participação em chacina que deixou cinco mortos de uma mesma família, em Juazeiro do Norte, no Cariri, foi presa no último domingo (8). O caso aconteceu na madrugada do dia 8 de fevereiro deste ano e já soma sete pessoas encarceradas por envolvimento no crime, segundo a Polícia Civil do Ceará. 

A suspeita não possuía antecedentes criminais e foi capturada no mesmo município da ocorrência, após ações da PC-CE. O caso ainda deixou feridos

Além da mulher, outros seis envolvidos já foram presos. O mandado de prisão preventiva anterior tinha sido cumprido no dia 12 de abril, quando um homem de 20 anos foi detido no bairro Jangurussu, em Fortaleza. O jovem possuía antecedentes criminais por crimes de homicídio, receptação e porte ilegal de arma de fogo. 

Além disso, quando era adolescente, respondeu por roubo a pessoa e roubo de veículo. Em abril, o suspeito foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Entenda o caso 

O crime aconteceu no dia 8 de fevereiro deste ano quando uma residência familiar foi invadida por indivíduos encapuzados, em Juazeiro do Norte. No dia, quatro pessoas foram mortas e cinco baleadas, dentre elas uma criança e um adolescente. Uma das vítimas feridas faleceu depois, no hospital. 

Assim, das nove pessoas atingidas por disparos de arma de fogo, quatro ficaram feridas e as outras cinco morreram — três homens e duas mulheres, segundo a PC-CE. 

De acordo com a apuração, a motivação do crime pode estar relacionado a disputa territorial entre criminosos rivais. Os grupos buscavam comercializar drogas na região.

 

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o Telegram do DN e acompanhe o que está acontecendo no Brasil e no mundo com apenas um clique: https://t.me/diario_do_nordeste