Policiamento está reforçado desde o primeiro ataque, diz comandante-geral da PM

Criminosos atacaram ônibus e equipamentos públicos desde a madrugada desta quinta-feira

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Ávila, afirmou na manhã desta quinta-feira (3) que um esquema especial de policiamento entrou em funcionamento em Fortaleza desde o ataque de uma série de atentados contra ônibus e equipamentos públicos e privados. "Unidades especializadas do batalhão de Raio e de Polícia de Choque estão fazendo policiamento diuturno e a gente garante que vai manter em um conjunto afinado com o Sindiônibus [sindicato das empresas de ônibus], o serviço essencial à população", disse.

A Grande Fortaleza registrou ataques desde a noite desta quarta-feira (2) até 5h30 desta quinta-feira. Suspeitos foram presos por envolvimento nos incêndios a veículos e danos ao patrimônio público.

Declarações do novo secretário da SAP

Ao ser perguntado se os ataques teriam relação com as declarações do novo secretário de Administração Penitenciária (SAP), Luís Mauro Albuquerque,  coronel Alexandre, disse que é preciso esperar o término das investigações. Segundo ele qualquer informação neste momento ela será precipitada.

“Estamos investigando todas as possibilidades. Porém, nós ainda estamos aguardando o desenrolar das investigações. Qualquer informação neste momento ela deve e será precipitada. Então é melhor que a gente se aprofunde nas investigações. Nós temos uma equipe muito competente e falo pela secretaria que é a Draco [Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas] tendo a frente o delegado Arlen Filho e que está se empenhando para descobrir de forma concreta as motivações”, afirmou.

Segurança nos bancos e terminais

Sobre a segurança na Grande Fortaleza nesta quinta,  coronel Alexandre, assegurou que a população pode ficar tranquila já que unidades especializadas já se encontram em patrulhamento realizando o apoio tanto nas agências bancárias como também nos terminais de ônibus.

“Esquema foi montado a partir do primeiro ataque. O esquema já entrou em funcionamento. Ele está em pleno andamentos tais como as unidades especializadas, Batalhão do Raio, Batalhão de Choque e já encontram em patrulhamento diurno e nós vamos garantir, vamos manter afinado com o Sindiônibus o serviço essencial para a população”.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de segurança?