Polícia prende suspeitos de planejar assalto a empresário em saída de shopping de Fortaleza

Parte do grupo foi preso em Pacajus; com eles foram apreendidas armas e drogas

Legenda: Polícia apreende armas, munição e drogas com suspeitos de planejar assalto a empresário de Horizonte
Foto: Foto: Paulo Sadat

Cinco homens foram presos seis armas apreendidas em duas ações nestas quinta (13) e sexta-feiras (14), em Fortaleza e Pacajus, respectivamente. O grupo planejava um ataque a um empresário de Horizonte, segundo a Polícia Civil.

Três dos suspeitos identificados como Vanderlan da Silva Brilhante, 32, conhecido como “Van”; José Alves dos Santos, 37 — ambos já respondem a outros crimes, e Felipe Rodrigues de Almeida, 19 — sem antecedentes criminais, foram presos quando saíam de um shopping em Fortaleza, onde se reuniram para planejar o crime. Entre os capturados está o autor de um duplo homicídio ocorrido no último mês de maio, em Chorozinho. 

Policiais civis foram até as residências dos suspeitos, em Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza, e lá apreendeu quatro pistolas — três calibre .40 e uma 380—, além de 80 munições, cocaína, maconha e crack. 

Uma das armas estava escondida em um bebê conforto, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social. 

Legenda: Polícia apreende armas, munição e drogas com suspeitos de planejar assalto a empresário de Horizonte
Foto: Foto: Paulo Sadat

Duplo homicídio 

Um dos presos, José Alves dos Santos, confessou ser autor de um duplo homicídio ocorrido no município de Chorozinho, no último dia 31 de maio. Na ocasião, dois homens morreram e uma mulher foi lesionada. 

O suspeito afirmou à polícia que a arma encontrada na residência dele — pistola .40 —, foi a mesma utilizada no duplo homicídio. 

Pacajus 

Seguindo as investigações, a polícia prendeu outros dois suspeitos em Pacajus, na sexta (14). Um deles, Francisco Jeimerson da Silva Rufino, 20, tinha um mandado de prisão em aberto. O outro foi identificado como Francisco dos Santos Oliveira, 27 — já responde a crimes. 

Com os dois foram apreendidos dois revólveres calibre 38, e também crack, cocaína e maconha embalados, prontos para comercialização.  

O grupo foi autuado em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas, posse ilegal de arma e por integrarem organização criminosa.  

Você tem interesse em receber mais conteúdo de segurança?