PF cumpre cinco mandados de busca e apreensão contra pornografia infanto-juvenil na Grande Fortaleza

Operação Arquivo Proibido VI apreendeu computadores e dispositivos de armazenamento digital

A Polícia Federal cumpriu, nesta sexta-feira (13), cinco mandados de busca e apreensão em operação de combate a divulgação de pornografia infantojuvenil pela internet. Os mandados aconteceram em Fortaleza e Região Metropolitana. Os trabalhos fazem parte da Operação Arquivo Proibido VI.  Segundo a polícia, as investigações apontam que os suspeitos compartilhavam imagens de pornografia infanto-juvenil pela internet. 

Foram apreendidos computadores e dispositivos de armazenamento digital que serão encaminhados à Perícia Criminal da Polícia Federal para análise do conteúdo das informações.

Os investigados responderão, de acordo com o nível de participação, pelos crimes de posse e/ou de compartilhamento de arquivos de pornografia infantil, com penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente que variam de um a seis anos de reclusão.

Operação Arquivo Proibido de 2019

Ainda segundo a polícia, o trabalho realizado nesta sexta-feira consiste na sexta fase de operação permanente de combate a esse tipo de delito, iniciada em agosto de 2019, a Arquivo Proibido, já tendo sido cumpridos nas cinco fases anteriores outros 10 mandados de busca e apreensão, tanto na capital como no interior do Estado. 

Essas ações resultaram na apreensão de arquivos pornográficos de crianças e adolescentes, com posterior responsabilização dos envolvidos, e, em um dos casos, em prisão em flagrante por posse desse tipo de material.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança