Pastor e mulher são presos em Caucaia suspeitos de matar bebê e deixar corpo em bueiro

Revoltados com o caso, vizinhos incendiaram veículo do pastor, que é o suposto pai da criança

Escrito por Redação,

Segurança
VW Kombi pertencente a pastor de Caucaia após ser queimada por moradores
Legenda: Veículo pertencente ao pastor foi queimado por moradores da região
Foto: Leábem Monteiro

Um pastor religioso de 36 anos e uma mulher de 20 foram presos em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), por homicídio e ocultação de cadáver. A mulher deu à luz um bebê e, segundo investigação da Polícia Civil, o matou e entregou ao pastor, suposto pai da criança, que abandonou o corpo em um bueiro.

Revoltados com o caso, vizinhos do pastor, identificado como Antônio José Cardoso Cunha, tentaram invadir a casa em que ele residia nesta segunda-feira (8). O veículo do religioso foi incendiado. O pastor acionou a Polícia enquanto o grupo tentava entrar na residência, que fica na rua Novo Horizonte, no bairro Marechal Rondon.

Ele acabou se entregando aos policiais, foi preso e levado ao 18º Distrito Policial (DP), no bairro Jurema. Lá, ele teria revelado às autoridades o local em que o feto se encontrava. O corpo, localizado nesta segunda-feira, estava dentro de uma sacola e foi levado para perícia. 

Vala em que corpo de feto de oito meses de formação estava
Legenda: Corpo de recém-nascido estava em bueiro no bairro Marechal Rondon
Foto: Leábem Monteiro

O pastor e a mulher foram presos em flagrante. Segundo os vizinhos, ele mantinha um relacionamento extraconjugal com ela. Detalhes sobre a ocorrência serão repassados pela Polícia Civil em entrevista coletiva marcada para esta terça-feira (9).

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o Telegram do DN e acompanhe o que está acontecendo no Brasil e no mundo com apenas um clique: https://t.me/diario_do_nordeste