Operação fecha oito bares no Benfica por descumprimento a decreto estadual de isolamento social

Órgãos averiguaram nove pessoas que estavam usando tornozeleiras, apreenderam veículos, encontraram droga e prenderam duas pessoas

Legenda: Bares foram autuados pela Agefis pois estão proibidos de funcionar
Foto: SSPDS/Divulgação

Uma operação fechou oito estabelecimentos que funcionavam em desacordo com o decreto estadual que prevê medidas sanitárias de combate ao novo coronavírus, neste sábado (12), no bairro Benfica. Mais de 100 veículos foram abordados.

> Feiras liberadas, shoppings com horário ampliado e academias a 50%: veja o que muda no novo decreto

As secretarias da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), da Administração Penitenciaria (SAP) e órgãos da Prefeitura de Fortaleza participaram da ação, contando com o trabalho da Coordenadoria de Planejamento Operacional (Copol), das polícias Civil e Militar do Ceará, do Corpo de Bombeiros, da Perícia Forense, Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

Todos os estabelecimentos foram autuados pela Agefis em razão de estarem em funcionamento mesmo com a proibição do decreto estadual que prevê o funcionamento apenas de restaurantes.

Na região, ocorreram ainda blitze coordenadas pela AMC e também pelo Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), da PMCE.  Desse número, nove carros e uma motocicleta foram apreendidos com alguma irregularidade. Foram aplicados ainda 18 autos de infrações.

Duas pessoas foram conduzidas até uma delegacia da Polícia Civil por suspeita de embriaguez e tiveram veículos e CNHs apreendidos, com autuação administrativa, por se recusarem a fazer o teste do etilômetro.

Tornozeleiras e drogas

No mesmo bairro, policiais penais averiguaram nove pessoas com tornozeleiras eletrônicas. Um homem que tentou fugir ao perceber a presença das equipes da SAP foi preso em flagrante com entorpecentes. Foram apreendidas 30 trouxinhas de maconha e 15 papelotes de cocaína. O flagrante foi lavrado no 34° Distrito Policial (DP).

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança