Mulher é agredida por marido que queria forçar aborto por não aceitar gravidez, em Araripe

Ele disse á polícia que não tinha interesse em ser pai e exigia o aborto

Uma mulher foi agredida pelo companheiro por ele não aceitar a gravidez dela e exigir o aborto. O caso aconteceu nesta segunda-feira (21), no município de Araripe, sul do Ceará. O suspeito do crime afirmou para a polícia que não tinha pretensão de ser pai. 

Segundo informações da Delegacia de Campos Sales, onde o caso foi registrado, depois de receber a denúncia das agressões, agentes de segurança foram ao endereço do casal, localizado no bairro Cohab III e encontraram o suspeito ainda bastante nervoso e a vítima, com ferimentos. 

Ele recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado para a delegacia da cidade. Durante a tarde, ele foi levado para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte onde deve responder por crime de violência doméstica. A vítima foi submetida a exame de corpo de delito. O estado de saúde dela e da criança não foi informado.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados