Motorista morre e outros 4 ficam feridos após carro ser atingido por tiros no Mondubim

Dois homens em uma motocicleta efetuaram os disparos. Ninguém foi preso.

Legenda: Veículo foi atingido por pelo menos 10 disparos em saída de festa, no bairro Mondubim.
Foto: Foto: Halisson Ferreira

Uma mulher morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas (duas ficaram ilesas) depois de serem atingidas por tiros efetuados por dois homens em uma moto, no bairro Mondubim, em Fortaleza. O caso foi registrado na madrugada desta segunda-feira (6).

[ATUALIZAÇÃO: o Sistema Verdes Mares errou ao informar nesta matéria que cinco pessoas haviam ficado feridas no Mondubim. Na verdade, quatro pessoas ficaram feridas e uma morreu durante o tiroteio. A informação foi corrida às 11h54] 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Cidadania (SSPDS), um automóvel modelo HB20 Sedan, onde estavam as sete pessoas que haviam acabado de sair de uma festa na região, foi alvejado por um indivíduo em uma motocicleta (o comparsa dirigia a moto), na Avenida Wenefrido Melo. Após a ação, a condutora do veículo perdeu o controle do carro e colidiu com um poste.

As vítimas foram socorridas por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para unidades de saúde. Alane dos Santos Camelo (22), que conduzia o veículo e respondia a dois procedimentos por furto e um por receptação, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

As outras quatro pessoas baleadas foram encaminhadas para uma unidade hospitalar. A polícia não soube informar o estado de saúde dos feridos.

Legenda: A motorista foi atingida e bateu o veículo em um poste de iluminação pública.
Foto: Foto: Halisson Ferreira

O caso será investigado pela 9° Delegacia do DHPP.

Sem energia

Além do susto por conta do tiroteio, populares reclamaram da falta de energia desde que o carro onde estavam as sete pessoas bateu em um poste no Mondubim. Através de nota, a Enel Distribuição Ceará informou que uma equipe está no local para fazer substituição do poste e normalizar a energia o quanto antes.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança